Primeiro táxi autônomo começa a operar no Japão

Testes são realizados em Tóquio até 8 de setembro. Foto: ZMP

Projeto piloto é realizado pela fabricante de robôs ZMP e pela empresa Hinomaru Kotsu

JESSICA MARQUES

O primeiro táxi autônomo começou a operar no Japão nesta segunda-feira, 27 de agosto de 2018. O veículo que não precisa de condutor é um projeto piloto realizado  pela fabricante de robôs ZMP e pela empresa Hinomaru Kotsu.

No início das operações, as corridas têm um trajeto limitado a 5,3 quilômetros percorridos entre a estação de Tóquio e o distrito Roppongi. Segundo informações da mídia internacional, o carro faz apenas quatro viagens de ida e volta por dia.

Para pedir o táxi, o passageiro deve utilizar o smartphone, tanto para fazer a solicitação quanto para destrancar o veículo. Após confirmar o destino, também pelo celular, o carro começa o trajeto. No final, a porta se abre para o solicitante desembarcar.

Apesar de ser um veículo autônomo, por segurança, um motorista fica monitorando o veículo para o caso de alguma eventualidade. O teste será feito em Tóquio até 8 de setembro.

A Uber, por sua vez, suspendeu em março deste ano os testes que realizava com um veículo autônomo após um acidente provocar o atropelamento e a morte de uma pedestre na cidade de Tempe, Arizona, nos Estados Unidos. Foi a primeira vez que um veículo totalmente autônomo provocou um acidente fatal.

Relembre: Pedestre é atropelada e morta por carro autônomo do Uber nos EUA

Ainda assim, a empresa pretende retomar os testes com veículos autônomos nos Estados Unidos.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

1 comentário em Primeiro táxi autônomo começa a operar no Japão

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: