Pedestre é atropelada e morta por carro autônomo do Uber nos EUA

Carro autônomo do Uber, no Arizona, atropelou e matou uma pedestre em março de 2018. Veículo estava sendo testado pela empresa de aplicativo de transporte.

Ocorrência levou empresa a suspender testes com carros autônomos no país

ALEXANDRE PELEGI

Um carro autônomo do Uber no Arizona, Estados Unidos, atropelou e matou uma pedestre neste domingo (19) à noite. O veículo estava sendo testado pela empresa de aplicativo de transporte. O veículo rodava em modo autônomo, mas tinha um motorista de segurança a bordo.

Segundo a polícia da cidade Tempe, onde ocorreu o atropelamento, Elaine Herzberg, de 49 anos, atravessava a rua fora da faixa de pedestres quando foi atingida pelo veículo.

É a primeira vez que um veículo totalmente autônomo provoca um acidente fatal.

Os testes com carros autônomos passaram a ser feitos no Arizona no final de 2016, após eles terem sido proibidos de circular em São Francisco.

O atropelamento levou a empresa a suspender imediatamente todos os testes com a tecnologia nos EUA e no Canadá.

O acidente poderá ter consequências para outras empresas que estão testando veículos autônomos, como a Tesla, Apple e Waymo.

A Waymo testa também veículos sem motoristas no Arizona desde novembro do ano passado.

O órgão nacional de segurança de trânsito dos EUA investigará o caso.

A morte da pedestre provocou reação imediata no congresso americano, que debate uma legislação para acelerar a introdução de carros autônomos nas estradas do país.

REINCIDÊNCIA:

Esta foi a segunda vez que um carro autônomo do Uber se envolveu num acidente. Em março de 2017, na mesma cidade Tempe, no Arizona, um carro da empresa se chocou com outro carro e capotou. O acidente não causou ferimentos graves. Da mesma forma que agora, o Uber também suspendeu seus testes com a tecnologia.

Outras empresas também já tiveram incidentes com carros autônomos. Em maio de 2016, o motorista de um Tesla Model S morreu enquanto usava o sistema semiautônomo de direção da empresa.

Também em 2016 o carro autônomo do Google se chocou com um ônibus, sem gravidade.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. Primeiro táxi autônomo começa a operar no Japão – Diário do Transporte
  2. Promotores dos EUA isentam Uber em caso de atropelamento de carro autônomo que vitimou pedestre em 2018 – Diário do Transporte

Deixe uma resposta