Santo André terá plano de renovação da frota até setembro e licitação de Vila Luzita vai ser concluída até o final do ano, promete Paulo Serra

Idade e conservação dos ônibus das empresas do Consórcio União Santo André está entre as queixas da população

Em entrevista à Rádio ABC, prefeito de Santo André diz que é necessário ter paciência quanto ao transporte público

ADAMO BAZANI

O prefeito de Santo André, no ABC Paulista, Paulo Serra, disse na manhã desta quinta-feira, 16 de agosto de 2018, que a cidade terá um plano de renovação de frota dos ônibus municipais até setembro.

A promessa foi feita em entrevista nesta manhã ao apresentador Rony Magrini, na Rádio ABC – 1570 AM.

O Diário do Transporte mostrou em primeira mão que a frota das empresas do Consórcio União Santo André, liderado pela Viação Guaianazes, de Ronan Maria Pinto, opera com média de idade de 6,22 anos desde fevereiro deste ano, acima, portanto, dos cinco anos permitidos pelo contrato.

Constantes quebras, ausência de acessibilidade plena, desconforto e falta de padronização da disposição de bancos e portas dos ônibus estão entre algumas das reclamações dos passageiros.

“Com relação à frota, já estamos em diálogo com os empresários da cidade, aqui é uma concessão, os ônibus não são da prefeitura. A gente já vai apresentar até o final de setembro um plano de melhoria da frota” – prometeu Paulo Serra.

As empresas do Consórcio União Santo André tinham de apresentar um plano de renovação até junho deste ano, prazo que não foi cumprido.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2018/08/13/frota-de-onibus-em-santo-andre-continua-envelhecida-e-gestao-paulo-serra-nao-se-pronuncia-mais-sobre-cronograma-de-substituicao/

PACIÊNCIA E ÔNIBUS NOVOS EM 2019:

Até setembro, pela nova promessa do prefeito de Santo André, deve ser apresentado pelas empresas o plano para a renovação de frota, mas uma quantidade significativa de veículos mais novos e acessíveis, com idade que ao menos cumpra o contrato, só deve estar nas ruas a partir de 2019.

É o prazo para análise do plano, compra, produção e entrega dos veículos.

Paulo Serra, na entrevista, admitiu que o transporte na cidade de Santo André deixa a desejar.

“O nosso transporte não evoluiu ainda. A gente tem planejamento e dentro do mandato de quatro anos, nossos planejamentos serão cumpridos e muitas vezes a gente tem de priorizar, colocar uma coisa na frente da outra. A saúde sem dúvida nenhuma foi nosso primeiro grande desafio e tá melhorando, tá no caminho. Estamos agora partindo para a questão do transporte público”.  – disse Paulo Serra.

O prefeito de Santo André pediu, na entrevista, “paciência” em relação ao transporte coletivo na cidade.

“O transporte público, com toda a transparência e sinceridade, precisa de um pouco mais de paciência porque não são investimentos pequenos, nós temos um desequilíbrio muito grande nas contas, na tarifa e vários problemas que o sistema veio acumulando, e agora a gente tem uma perspectiva de melhora com relação à frota, a partir de 2019” – comentou Paulo Serra, que não adiantou nenhuma informação sobre eventual aumento de tarifa no próximo ano e não detalhou o alegado desequilíbrio nas contas. Desde março, os passageiros pagam R$ 4,40, valor mais alto que os R$ 4 da capital paulista e que os R$ 4,30 do Corredor ABD, dos trólebus da Metra.

VILA LUZITA:

O prefeito de Santo André, Paulo Serra, também falou sobre a licitação do sistema tronco-alimentado de Vila Luzita que, desde outubro de 2016, passou a ser operado de forma provisória pela empresa Suzantur.

Serra garantiu que até o final do ano, será definida a empresa que vai operar o sistema.

“A gente deve assinar o contrato, tudo correndo bem, até o final do ano, para o ano que vem a gente começar uma grande modernização no Terminal [de Vila Luzita], no corredor [da Avenida Capitão Mário Toledo de Camargo], nos ônibus. Nós vamos ter ônibus novo, com ar-condicionado, nós vamos ter ônibus híbrido, não poluente, a gente colocou isso no edital” – prometeu Paulo Serra.

Atualmente, a licitação dos ônibus da Vila Luzita está sendo revista por determinação do MP – Ministério Público do Estado de São Paulo, que recomendou a implantação de metas de redução de poluentes e uso de modelos com tecnologia menos poluente.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2018/07/23/por-ordem-do-ministerio-publico-santo-andre-suspende-licitacao-dos-onibus-da-vila-luzita/

CARTÃO PRIORIDADE E APLICATIVO:

Na opinião do prefeito, as emissões e uso do “Cartão Prioridade”, destinado a passageiros idosos, apresentaram melhorias, após as confusões do início da implantação do bilhete.

“Deu problema a questão da biometria, muitos [idosos] não conseguiam colocar o dedo [no equipamento de leitura das catracas] da forma correta para verificar a digital para a gente evitar fraude. Nós colocamos pessoas nos ônibus para orientar, ajudar. Diminuíram as reclamações” – afirmou o prefeito.

Sobre o aplicativo de celular Santo André Mob, implantado na cidade pelas empresas de ônibus do Consórcio União Santo André e que também apresentou vários problemas com informações imprecisas sobre linhas, horários e veículos, Paulo Serra também disse que houve melhoria.

“Esse aplicativo também passou por ajustes, como [ocorre com] todos os aplicativos, começa de um jeito, vai ajustando. Hoje as reclamações também caíram vertiginosamente. É um aplicativo que funciona muito bem, mostra o ônibus em tempo real, o horário que ele vai chegar, esse horário tem sido respeitado. A gente audita e tem visto que as reclamações têm diminuído.”

OUÇA A ENTREVISTA:

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Colaborou Janete Ogawa, Rádio ABC

TAGS:

12 comentários em Santo André terá plano de renovação da frota até setembro e licitação de Vila Luzita vai ser concluída até o final do ano, promete Paulo Serra

  1. Paulo Roberto Postigo de Oliveira Bittencourt // 16 de agosto de 2018 às 19:56 // Responder

    Não acredito que o prefeitinho vá fazer o que prometeu, mesmo porquê as empresas nao querem modernizar sua frota, sai bem mais barato trazer carros usados come bem dito aqui nesse site ja que nao há uma fiscalização descente da prefeitura

  2. O ruim de tudo isso é que o prefeito fica sem credibilidade, por não cumprir prazos. Quero só ver se haverá algum projeto para melhoria por parte dos empresários do consórcio, há um desinteresse em investir nos transportes de S.A … Nos Resta apenas aguardar.

  3. Arrumando a frase do jeito que o prefeito deveria ter dito: “O transporte público, com toda a transparência e sinceridade, ESTÁ UM CAOS, E PRECISA SER RENOVADO URGENTEMENTE, MAS COM A CARA MAIS LAVADA DO MUNDO DIGO QUE precisa de um pouco mais de paciência porque não são investimentos pequenos, EMBORA NOSSA POPULAÇÃO PAGUE UMA DAS MAIORES TARIFAS DO PAÍS”.

  4. O aplicativo mobi continua um lixo , eu moro aqui em santo André . Mais uso o cita mobi esse sim é bom .

  5. O cartel do transporte público de Santo André não deixa chegar o metrô na região.

  6. Valdir Antônio horacio // 16 de agosto de 2018 às 23:41 // Responder

    Parabéns todos andreense que voltam Paulo serra precisa um pouquinho de tempo para arrumar dinheiro coitado do empresário ronam Maria pintor Baltazar josia vaz ele não tem dinheiro cande mistério público que não está nem aí prefeito Paulo serra deve ter tirado todos dinheiro para campanha de João Doris para povo de santo andre e melhor comprar um carro porque prefeito falou para povo tem porquinho de tempo

  7. Valdir Antônio horacio // 16 de agosto de 2018 às 23:51 // Responder

    Prefeito Paulo serra nunca mais será prefeito nesta cidade de santo andre ladrões safado sevegonha canalhas roubo dinheiro do empresário e agora fala em aumentar valor da passagem para andar sucatas pura mandar sua mulher andar nisso

  8. Bom dia!!! Minha indignação é com o bilhete único Andreense. Não funciona corretamente entre as linhas U22 Estação Utinga/Pq Capuava e U26 Estação Utinga/Pq Capuava. Faz integração quando quer (tem dia que faz tem dia que não faz). Tenho que ficar solicitando reembolso no AESA. Já reclamei na ouvidoria da cidade de Santo André. E o problema persiste!!! Deveriam fiscalizar melhor e parar de pegar o dinheiro de forma indevida do passageiro. SISTEMA DE INTEGRAÇÃO UMA PORCARIA!!!!

  9. E os cobradores tem que voltar

  10. Eu moro no bairro jardim Santa cristina os ônibus eh horrível tudo velho parecendo carroça da linha b13eb19 só muda as frotas da vila luzita deveria seu prefeito ver que no outros bairros tbm precisa de novos ônibus.

  11. Nelson lelis alves oliveira cabral // 18 de agosto de 2018 às 07:49 // Responder

    A populacap o povo brasileiro precisa é de emprego..isso sim!! Xega a eleição os cara parece papai Noel kkkkkkk…

  12. Moro em Santo André e sou usuária dos ônibus da cidade: difícil saber os horários pois tiraram o aplicativo Cita Mobi que ajudava bastante, não há mais corredores de ônibus, todos os dias o trânsito fica uma bagunça geral, com os carros entrando e parando em vias que deveriam ser exclusivas dos ônibus, há muitos que devem ter passado da vida útil estabelecida, pois estão muito desgastados e as viagens são desconfortáveis e com excesso de passageiros. Onde moro passam quatro linhas e em geral os quatro ônibus vêm ao mesmo tempo, parece não haver uma boa distribuição, para evitar acúmulo de passageiros nos pontos. ,

3 Trackbacks / Pingbacks

  1. Audiência pública debate transporte público em Santo André – Diário do Transporte
  2. Média de idade dos ônibus do Consórcio União Santo André continua acima do permitido e gestão Paulo Serra não comenta o assunto – Diário do Transporte
  3. Câmara de Santo André agenda para 2019 audiência sobre sistema de transporte – Diário do Transporte

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: