Operação do VLT de Teresina é iniciada nesta quinta-feira

Com capacidade para 600 passageiros, o primeiro percurso durou cerca de 22 minutos, 10 minutos a menos do que o metrô de Teresina. Foto: Divulgação.

Em período inicial, estarão disponíveis 10 viagens por dia, com capacidade para até 600 passageiros por vez

JESSICA MARQUES

A operação do VLT (Veículo Leve Sobre Trilhos) teve início nesta quinta-feira, 12 de julho de 2018. Durante o período inicial, estarão disponíveis 10 viagens por dia, com capacidade para até 600 passageiros por vez.

O preço da passagem continua sendo de R$ 0,80, mesmo valor do trem. A previsão inicial era de que o VLT reduzisse o tempo de percurso entre a Zona Sudeste e o Centro de Teresina.

Entretanto, o secretário de transportes do estado, Guilhermano Pires, informou que inicialmente a velocidade de operação está reduzida para 40 km/h, até que a linha férrea da capital seja reformada. Ao G1, o secretário afirmou que o potencial do VLT chega a 100 km/h.

O primeiro VLT foi inaugurado em 4 de junho de 2018 em Teresina. O sistema de transporte foi implantado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado dos Transportes (Setrans), e é resultado da modernização do metrô de Teresina, projeto previsto para custar cerca de R$ 450 milhões.

Com capacidade para 600 passageiros, o primeiro percurso durou cerca de 22 minutos, 10 minutos a menos do que o metrô de Teresina.

Relembre: Teresina inaugura VLT, resultado de projeto de modernização do Metrô

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: