ANTT se reúne novamente com os caminhoneiros para discutir preços de frete

Publicado em: 9 de junho de 2018

O tabelamento do frete foi uma das reivindicações dos caminhoneiros. Foto: Adamo Bazani

Encontro com a categoria será realizado na segunda-feira

JESSICA MARQUES

A ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) vai se reunir novamente com representantes dos caminhoneiros na segunda-feira, 11 de junho de 2018. O encontro será para debater a tabela com preços mínimos de fretes para o transporte rodoviário.

“A categoria presente se reunirá durante o fim de semana para aprofundar as conversas sobre os ajustes na tabela de frete mínimo. Na segunda-feira (11), os representantes voltam a se reunir com a Agência” – informou a ANTT, em nota.

A agência informou também que continua empenhada para encontrar “uma solução que harmonize os interesses de produtores, transportadores e sociedade”.

Uma reunião com os caminhoneiros foi realizada ao longo desta sexta-feira, 8 de junho de 2018, estendendo-se por todo o dia. Em nota, a ANTT havia informado que a reunião de ontem seria apenas técnica, sem produzir efeitos imediatos.

“As questões técnicas da tabela continuarão em discussão na Agência e com o setor, a fim de chegar a uma solução que harmonize os interesses de produtores, transportadores e sociedade”.

O Ministro do Transporte suspendeu os efeitos da resolução sobre o frete mínimo. Com a suspensão do texto, voltará a vigorar a primeira versão, de 30 de maio.

Relembre: Ministro do Transporte revoga nova tabela do frete após pressão de caminhoneiros

O tabelamento do frete foi uma das reivindicações dos caminhoneiros, atendida pelo governo em tentativa de acabar com a paralisação, que durou 11 dias, bloqueando estradas principais de todo o país.

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) anunciou na tarde desta sexta-feira, dia 8 de junho de 2018, que vai ingressar no Supremo Tribunal Federal com Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) contra o tabelamento do frete para transporte rodoviário de cargas.

Relembre: Confederação Nacional da Indústria vai ao STF contra tabelamento de frete

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Deixe uma resposta