Após mais de uma hora paralisada, Linha 13-Jade da CPTM retoma operação

A Linha 13-Jade tem 12,2 quilômetros de extensão. Foto: Adamo Bazani

Interrupção no funcionamento ocorreu por volta de 10h20 deste sábado

JESSICA SILVA PARA O DIÁRIO DO TRANSPORTE

Após mais de uma hora paralisada, a Linha 13-Jade (Engenheiro Goulart-Aeroporto-Guarulhos) retomou a operação por volta de 11h50 deste sábado, 19 de maio de 2018. A retomada dos serviços foi informada pela CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos).

Segundo a Companhia, a falha ocorreu por conta das fortes chuvas e não há previsão para normalização. A operação foi totalmente interrompida às 10h20.

Relembre: Linha 13-Jade da CPTM fica completamente paralisada

A Linha 13-Jade tem 12,2 quilômetros de extensão – uma parte do trajeto em superfície (4,3 km) e outra em elevado (7,9 km); duas novas estações: Guarulhos Cecap e Aeroporto Guarulhos, além da Estação Engenheiro Goulart, integrando com a Linha-12 Safira; três novos bicicletários e uma passarela.

A obra estava prometida para ser concluída antes da Copa do Mundo, em 2014 e a linha foi inaugurada em 31 de março de 2018. A previsão da nova linha é de atender a 120 mil passageiros/dia.

Relembre: Com críticas à GRU Airport e promessa de Expresso a R$ 8, Alckmin inaugura linha 13-Jade

OUTRAS LINHAS

Segundo informações da CPTM, as linhas 7 – Rubi , 8- Diamante e 9- Esmeralda também foram afetadas pelas chuvas. Os problemas ocorreram a partir das 9h45.

No caso da Linha 7, os trens circulam com maiores intervalos entre as Estações Franco Da Rocha e Francisco Morato. A CPTM alegou “problemas técnicos nos equipamentos de via”.

A Linha 8 apresenta lentidão entre as estações Santa Terezinha e Comandante Sampaio “devido a problemas técnicos” e, na Linha 9, os trens circulam com maiores intervalos entre as estações Osasco e Grajaú devido a falha no sistema de energia.

Não foram divulgadas previsões de normalização e os problemas continuam pelo menos até meio-dia deste sábado.

Relembre: Após chuva forte, três linhas da CPTM operam com lentidão

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta