Estradas estaduais de SP têm mais mortes neste Feriado da Páscoa

Foto: divulgação (Gov. de SP)

Foram 21 óbitos em acidentes, número 16% superior ao mesmo período em 2017

ALEXANDRE PELEGI

O feriado prolongado da Páscoa em 2018 teve 21 mortes nas estradas paulistas, administradas pelo Governo estadual.

A operação ‘Paixão de Cristo 2018’ nas estradas estaduais de São Paulo foi feita pela Polícia Militar Rodoviária entre a 0h de 29 de março e as 23h59 de 1º de abril. Participaram da operação as concessionárias que administram as rodovias, o DER – Departamento de Estradas de Rodagem e a Artesp – Agência de Transporte do Estado de São Paulo.

O balanço divulgado nesta segunda-feira (2) aponta os dados da imprudência nas estradas, com um aumento de 16% no total de casos registrados em 2017. Na Páscoa passada foram 18 óbitos nas estradas que cortam o estado de SP.

Acidentes nas estradas de SP na Páscoa

Número de casos Páscoa de 2017

Páscoa de 2018

Acidentes com vítimas

267

267

Mortes

18

21

Vítimas graves

70

74

Vítimas leves

299

321

Fonte: Polícia Militar

O acidente mais grave aconteceu no domingo, dia 1º, na região de Botucatu, envolvendo um carro com sete pessoas e um caminhão. Seis pessoas faleceram. Uma criança de dois anos estava entre as vítimas fatais. A única sobrevivente foi uma adolescente de 16 anos, socorrida em estado grave.

Nas estradas federais que cortam o estado a Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou uma morte. Na Páscoa de 2017 três pessoas haviam morrido nas estradas federais.

Se houve menos mortes, o total de acidentes, no entanto, aumentou. Foram 59 ocorrências contra 50 em 2017, número 18% superior. A PRF aplicou 9.329 multas por excesso de velocidade.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: