Trem do Aeroporto já tem vendedores ambulantes, e embarque em ônibus é confuso

Reportagem do Diário do Transporte flagrou vendedores nas composições

ADAMO BAZANI – Reportagem

ALEXANDRE PELEGI – Redação

Mal a comitiva de segurança do Governador Geraldo Alckmin deixou o Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, nesta manhã de sábado, e o trem da Linha 13-Jade, que liga a estação Engenheiro Goulart ao aeroporto, já recebeu a presença de vendedores ambulantes. Paçoca, salgadinhos dos mais diversos tipos e água mineral faziam parte do “cardápio” oferecido durante a operação assistida que, a partir de hoje, e durante o mês de abril, vai ser realizada pela CPTM somente aos sábados e domingos, das 10 às 15 horas.

O embarque nos ônibus que dão acesso aos terminais 1, 2 e 3 para quem sai do trem, também era confuso. Não havia filas organizadas, o que fez com que as pessoas se acumulassem na frente dos veículos. O embarque era feito pelas portas traseira e do meio do ônibus (foto abaixo).

desorganizado_onibus_GRUA linha 13-Jade foi entregue nesta manhã de sábado, dia 31 de março, pelo Governador Geraldo Alckmin, que prometeu o Trem Expresso Aeroporto por R$ 8,00. Já o secretário dos Transportes Metropolitanos, Clodoaldo Pelissioni, fez críticas à GRU-Airport, concessionária do Aeroporto Internacional. Relembre a cobertura de hoje do Diário do Transporte neste link:

Com críticas à GRU Airport e promessa de Expresso a R$ 8, Alckmin inaugura linha 13-Jade

 

Reportagem: Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Redação: Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

4 comentários em Trem do Aeroporto já tem vendedores ambulantes, e embarque em ônibus é confuso

  1. Jackson de sousa leite // 31 de março de 2018 às 20:27 // Responder

    Engraçado será que a administração de congonhas tambem não deixou ele levar o mono trilho até dentro do saguão? pois o pessoal terá que descer na av washington luis andar uns 200 metros atravessar a passarela pra poder chegar ao aeroporto só aqui nesse paísinho mesmo pra os engenheiros e governantes fazerem uma titica dessas

  2. Sou RADICALMENTE contra esses marreteiros nos trens!!!

    A Linha 4-Amarela NÃO TEM NADA de ambulantes pelo seguinte motivo: as composições não tem maquinistas e em caso de pane no TUE é necessário um agente de segurança da ViaQuatro pra emitir o aviso sonoro aos usuários e quando esses vigilantes estão dentro dos trens os marreteiros não vendem para não serem intimidados e agredidos.

  3. Ambulantes tomaram conta de todas as linhas de metro e trem, além dos terminais, como São Mateus, onde brigas, evasão de receita e insegurança são uma constante, sugiro reportagem a respeito, pois a EMTU, SPTRANS e Metra nada fazem, uma vergonha

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. Trilhos voltam a Guarulhos 53 anos depois do 'Trem das Onze' – Digitado
  2. Em primeiro fim de semana de operação, Linha 13-Jade recebe 55 mil usuários – Diário do Transporte

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: