Inauguração de terminal de integração em Teresina tem presença do ministro das Cidades

Para o funcionamento do Inthegra, foram entregues 40 ônibus modelo BRT. Foto: Divulgação / Prefeitura

Novo sistema de transporte público, Inthegra, passa a funcionar oficialmente a partir deste sábado, 17 de março

JESSICA SILVA PARA O DIÁRIO DO TRANSPORTE

A Prefeitura de Teresina inaugurou o terminal de integração do bairro Parque Piauí na noite desta sexta-feira, 16 de março de 2018. A solenidade contou com a presença do ministro das Cidades, Alexandre Baldy.

O terminal está localizado na Avenida Henry Wall de Carvalho, zona Sul de Teresina, Piauí. Com a inauguração, o novo sistema de transporte público da cidade, o Inthegra, começa a funcionar oficialmente neste sábado, 17 de março de 2018.

A capital também recebeu 40 novos ônibus modelo BRT (Bus Rapid Transit) nesta sexta-feira, 16 de março, para operação no novo sistema.

Para a implantação do Inthegra, o governo federal viabilizou R$ 460 milhões em recursos. O sistema também conta com o funcionamento do Terminal de Integração do Bela Vista e dos corredores exclusivos das avenidas Henry Wall de Carvalho, Barão de Gurguéia, Miguel Rosa e Wall Ferraz, segundo informações da Prefeitura.

No evento, Alexandre Baldy afirmou que o sistema é uma “obra revolucionária no transporte público” e considerou o modelo de integração um exemplo para todo o país.

“Estou aqui para presenciar os investimentos que estão sendo concretizados pela prefeitura com apoio do governo federal, através do Ministério das Cidades, exemplo que de que nós com um novo hábito e uma nova requalificação desse transporte traremos um novo e qualitativo modelo para a população” – disse o ministro.

Na ocasião, o prefeito de Teresina, Firmino Filho, afirmou que o novo sistema pertence à população da capital e considerou “o início do Inthegra, um novo modelo de operacionalização do sistema de transportes públicos” um dia histórico.

Inauguração Terminal Teresina.jpg

Ministro das Cidades conheceu os novos ônibus junto a políticos do Piauí. Foto: Renato Bezerra / Prefeitura de Teresina

O terminal inaugurado receberá 15 linhas de ônibus da zona Sul, sendo seis linhas alimentadoras (bairro/terminal) e três das linhas troncais (terminal/Centro), o que compreende um total de 48 veículos passando pelo local e um total de 280 mil usuários do transporte público por mês.

Devido a adequações ao novo sistema, as linhas de ônibus de Teresina terão nova nomenclatura.

De acordo com a Prefeitura, os terminais e corredores exclusivos foram construídos respeitando a Lei da Acessibilidade. Os terminais têm bicicletário para facilitar a integração de quem utiliza bicicleta como meio de transporte na capital.

INVESTIMENTO

Segundo informações da Prefeitura de Teresina, o terminal do Parque Piauí tem 3 mil metros quadrados de área construída. O investimento na obra foi de R$ 7,1 milhões.

“O Corredor Exclusivo para ônibus Sul I, que é composto pelas Avenidas Barão de Gurgueia e Henry Wall de Carvalho, teve o custo de R$ 13. 924.728,72, e conta com um total de 12 estações de embarque e desembarque. Já o Corredor Sul II, que é composto pelas Avenidas Miguel Rosa e Professor Wall Ferraz, teve um custo de R$ 13.312.329.91, e conta com 21 estações para embarque e desembarque de passageiros” – informou a Prefeitura, em nota.

A Prefeitura informou que investiu R$ 372 milhões na primeira fase de implantação do sistema, para a construção de todos os equipamentos necessários para servir ao Inthegra. “Entre as obras destacam-se os oito terminais de integração, os cinco corredores e as faixas exclusivas, em obras para melhorar a circulação, como, por exemplo, a ponte Anselmo Dias e o viaduto que está sendo iniciando na avenida Barão de Gurgueia e a nova ponte que vai ligar o bairro Água Mineral a UFPI” – diz trecho da nota enviada pela Prefeitura.

SOBRE O INTHEGRA

Após o funcionamento do Corredor Sul, no sábado, 17 de março, o sistema de integração de Teresina vai começar a funcionar. O Inthegra estará disponível mediante o uso do Cartão Integração.

O novo sistema vai operar nas Avenidas Barão de Gurguéia, Henry Wall de Carvalho, Miguel Rosa e Prefeito Wall Ferraz, que integram o Corredor Sul. Os terminais Bela Vista, do Parque Piauí e do Itararé vão funcionar durante a semana.

O Inthegra só será válido para os passageiros que emitirem o Cartão Integração, disponível nos pontos de revenda do Setut (Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Teresina), nos terminais ou até mesmo nos ônibus. São três tipos de cartão: do trabalhador, do estudante e expresso.

Com a implantação do Inthegra, as linhas radiais do sistema foram extintas e as viagens foram divididas.

“Na zona sul, região por onde vai começar o Inthegra neste sábado, quem for sair do bairro com destino ao centro, por exemplo, tomará o ônibus da linha alimentadora no bairro e seguirá até o terminal mais próximo (Parque Piauí ou Bela Vista). No terminal, o passageiro toma outro ônibus até o centro, esse é chamado de linha troncal. Ou ele pode ainda tomar um coletivo interterminal, descendo no Terminal do Itararé, zona sudeste” — informou a Prefeitura, em nota.

NOVOS ÔNIBUS

Para o funcionamento do Inthegra, foram entregues 40 ônibus modelo BRT (Bus Rapid Transit) nesta sexta-feira, 16 de março. Durante a entrega, o prefeito Firmino Filho disse que o novo sistema tem como objetivo enfrentar uma crise na mobilidade.

“Nós estamos instalando um novo sistema. É com o Inthegra que estamos buscando enfrentar a crise da mobilidade urbana, buscando enfrentar esse sistema de transporte que já está falido. O novo modelo começa com várias modificações. As linhas vão ser transformadas com a inauguração dos corredores e os terminais. O Inthegra terá início neste sábado (17) pela zona sul e pelo Terminal do Itararé, em frente à Fundação Bradesco. Estamos com 40 novos ônibus troncais, com ar condicionado, servindo às regiões sul e sudeste da cidade” — disse Firmino, por meio de nota

Os ônibus BRT entregues nesta sexta vão operar nas linhas troncais, que vão passar pelos corredores exclusivos das avenidas Barão de Gurgueia, Miguel Rosa, Henry Wall de Carvalho e Maranhão.

Segundo informações da Prefeitura, os ônibus das linhas alimentadoras serão substituídos gradativamente até que a frota seja renovada.

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta