Prefeitura de Itaquaquecetuba tira de circulação 20 ônibus da CS Brasil em fiscalizações e diz que licitação acontece neste ano

Secretaria de Transportes fiscalizou garagem nesta segunda-feira. Foto: Prefeitura de Itaquaquecetuba

Empresa diz, segundo administração, que vai colocar mais 18 ônibus em operação nos próximos 15 dias

ADAMO BAZANI

A prefeitura de Itaquaquecetuba, na Grande São Paulo, informou que em uma semana retirou de circulação 20 ônibus da empresa CS Brasil (do Grupo JSL) em fiscalizações sobre itens de segurança e acessibilidade dos veículos, como luzes, elevador para cadeirantes, setas, faróis, documentação do veículo e do condutor.

Nesta segunda-feira, 12 de março de 2018, a prefeitura, por meio da Secretaria de Transportes, realizou mais fiscalizações na empresa.

O objetivo da ação foi verificar a garagem e os ônibus de reserva.

O secretário de Transportes de Itaquaquecetuba, Luís Cláudio Rodrigues, disse em nota, que a população não está satisfeita com a frota da CS Brasil

“Hoje [segunda-feira, 12] estamos verificando como está sendo feita a manutenção dos veículos em relação a motor, lataria, câmbio, limpeza, tapeçaria, entre outros itens, pois a população está insatisfeita com as condições dos ônibus que estão circulando na cidade”, disse Rodrigues.

Na verificação, a prefeitura constatou que a empresa possui reserva técnica, mas com frota acima do necessário.

Na nota, a administração municipal informou que a CS Brasil tem a intenção, com estes veículos excedentes, ampliar o atendimento aos passageiros com mais ônibus em circulação.

“A direção da empresa explicou que os veículos em excesso no pátio estavam passando por manutenção para atender as exigências da Secretaria Municipal de Transportes e que estariam em circulação nos próximos dias, além disso, a CS Brasil pretende entregar e colocar em operação mais 18 ônibus nos próximos 15 dias.” – diz a nota.

A CS Brasil informou que todos os veículos vistoriados e que tiveram problemas constatados pela prefeitura já foram regularizados. A empresa disse que não faltaram ônibus para os passageiros porque possui frota reserva.

A CS Brasil informa que as vistorias realizadas pela Prefeitura são uma rotina e todos os veículos com algum tipo de apontamento já foram reparados e retornaram ao atendimento à população. Além disso, é importante ressaltar que a CS Brasil conta com veículos de reserva para que as linhas não sejam comprometidas quando os reparos são realizados. – diz nota da companhia.

Na nota, a prefeitura diz que antes de liberar os ônibus que passaram por reparos, faz nova vistoria nos coletivos.

O secretário de Transportes disse que a fiscalização sobre a CS Brasil continuará rígida.

“Por determinação do prefeito Dr. Mamoru Nakashima, a fiscalização seguirá rígida nos ônibus e aquele que não estiver em condições sofrerá as punições previstas. Tudo que encontramos hoje de irregular vamos notificar e recolher os veículos, para que a empresa solucione os problemas, estamos pensando na segurança da população”, disse Rodrigues.

Na nota, o prefeito diz que ainda neste ano será realizada uma licitação do sistema de transportes.

A licitação do transporte público, tão esperada pela população, irá acontecer neste ano segundo o prefeito Mamoru.

“Iremos fazer um contrato de prestação de serviço do transporte público que beneficie a população”, disse.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

2 comentários em Prefeitura de Itaquaquecetuba tira de circulação 20 ônibus da CS Brasil em fiscalizações e diz que licitação acontece neste ano

  1. Não duvido muito que a JSL seja uma das próximas transportadoras à figurar na lista de grandes empresas extintas após o falecimento de seu líder e a administração ficar na mão de filhos incompetentes.

  2. Ensine alguns motorista serem mais gentios e pararem no ponto.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: