Prefeitura de São Paulo diz que tarifa de ônibus deve aumentar no ano que vem

Prefeito João Doria e secretário Avelleda leem dados sobre sistema de transportes em coletiva

Doria também afirma que contratos com as empresas na nova licitação serão de 15 anos

ADAMO BAZANI/ALEXANDRE PELEGI

Durante a apresentação de 1.016 ônibus novos para a frota do município, o prefeito de São Paulo, João Doria, disse que há estudos para que a tarifa  de ônibus seja reajustada em 2018, mas o valor ainda não foi definido.

De acordo com Sergio Avelleda, há conversas com o Governo do Estado com o objetivo de estipular o mesmo valor de tarifa tanto para os ônibus municipais, quanto para o Metrô e CPTM. Aveleda afirmou que “ainda não está definido quanto e nem quando, mas estamos estudando um reajuste sim para 2018 para manter um equilíbrio no sistema“.

Além disso, Avelleda quer manter o padrão que já vem se repetindo há alguns anos em São Paulo, pelo qual prefeitura e governo estadual promovam reajuste na tarifa do transporte na mesma data e com os mesmos valores, valendo assim para ônibus, metrô e trens.

Na entrevista coletiva, coberta pelo Diário do Transporte,  o prefeito João Doria disse também que os contratos com as empresas de ônibus do município, com a  licitação que será lançada na próxima semana, terão duração de 15 anos. Hoje o prazo de contrato é de 20 anos. Doria foi incisivo ao estipular a nova duração: “A nossa posição é de contrato de 15 anos. Nem 10, nem 20 anos. Houve estudos pela área de transportes e pela área de finanças e cravamos 15 anos. Vai ser o melhor“.

OUÇA O PREFEITO E O SECRETÁRIO:

OUÇA PRESIDENTE SPURBANUSS

No início do ano, logo após assumir a prefeitura, João Doria chegou a cogitar em prazo contratual de 10 anos, mas na entrevista de hoje à tarde ele se disse “convencido” de que um contrato maior seria mais adequado.

O secretário Avelleda informou que o executivo está finalizando um Projeto de Lei a ser enviado à Câmara Municipal que propõe a redução do atual prazo dos contratos de concessão de 20 para 15 anos.

Empresária Angela Agoston, da Express, uma das empresas que fizeram parte da entrega de mais de mil ônibus neste ano

Já o presidente do SPUrbanuss, sindicato que representa as empresas do subsistema estrutural, Francisco Christovam, afirmou em entrevista ao Diário do Transporte, logo após a coletiva do prefeito e do secretário Sergio Avelleda que, quanto menor o prazo de contrato, menos tempo há para o custo de investimento ser diluído. Sendo assim, disse Christovam, o custo de prestação de serviços no contrato tende a ser maior.

Francisco Christovam disse que para cobrir esse custo só há duas maneiras: ou pela tarifa paga pelo passageiro, o que impactaria no bolso da maioria da população, ou pelo aumento dos subsídios, o que afetaria o orçamento municipal.

Hoje os subsídios servem essencialmente para bancar as gratuidades. Mas, segundo o presidente do SPUrbanuss se a conta não fechar, e o tempo de contrato for reduzido para 15 anos, como propõe o prefeito, isso significa apenas uma coisa: sem aporte de recursos de outras fontes, o subsídio poderá bancar também esta diferença, impactando mais ainda nas contas públicas.

Francisco foi claro: “O ideal é que o prazo seja determinado pelo modelo econômico. Tudo envolve dinheiro: veículos, infraestrutura. Então qual o prazo que teremos para amortizar estes investimentos? Se eu posso diluir estes investimentos num prazo maior, eu tenho um custo mais razoável. Prazo menor, custo maior com contrato menor. A conta tem de fechar”, disse ele ao Diário do Transporte.

Superarticulado da Campo Belo também foi exibido na prefeitura

Entre os mais de mil ônibus adquiridos neste ano, as empresas de ônibus investiram R$ 450 milhões.

A composição da nova frota é a seguinte, conforme imagem:

 

Reportagem: Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Redação: Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

3 comentários em Prefeitura de São Paulo diz que tarifa de ônibus deve aumentar no ano que vem

  1. Amigos, boa noite.

    O marketing está perfeito.

    Mas cadê os resultados ???

    ACORDA SAMPA, MUDA BARSIL.

    Att.

    Paulo Gil

  2. Esses 1000 ônibus da Express devem estar rodando em outro planeta, pela cidade de São Paulo, ainda não vi, ou os novos são os velhos que ele compram de outras empresas ai não vale, e não e so a Express a VIP também vem renovando a sua frota a passos de tartaruga, numa lerdezaaaaa, os que pego são todos 2007, 2008 e muito poucos 2011 e 2012, que devem ser os novos.

16 Trackbacks / Pingbacks

  1. Diário do Transporte
  2. Doria envia à Câmara projeto de lei que altera regras da concessão dos ônibus para fazer licitação – Diário do Transporte
  3. LICITAÇÃO DOS ÔNIBUS EM SÃO PAULO: Ouça a íntegra da entrevista e entenda os principais pontos – Diário do Transporte
  4. Cade é acionado para apurar possíveis violações à competitividade na licitação dos ônibus de São Paulo – Diário do Transporte
  5. Câmara Municipal de São Paulo realiza Audiência Pública sobre licitação do transporte coletivo – Diário do Transporte
  6. Prefeitura de São Paulo publica aviso de licitação dos ônibus neste sábado e edital será disponibilizado a partir do dia 16 de abril – Diário do Transporte
  7. Licitação dos ônibus em São Paulo: João Octaviano deve publicar editais somente no dia 20 de abril – Diário do Transporte
  8. Câmara analisa requerimento para TCM suspender licitação dos ônibus em São Paulo – Diário do Transporte
  9. Câmara adia apreciação de requerimento para TCM suspender licitação dos ônibus em São Paulo – Diário do Transporte
  10. Licitação dos transportes da cidade de São Paulo é barrada pelo TCM – Diário do Transporte
  11. TCM amplia mais uma vez o prazo para SPTrans responder questionamentos sobre licitação dos serviços de ônibus – Diário do Transporte
  12. Audiência sobre contratos de ônibus em São Paulo tem apenas um vereador e não conta autoridades da área de transportes – Diário do Transporte
  13. Em entrega de ônibus na Zona Leste, secretário diz que licitação dos transportes pode ser concluída ainda neste ano – Diário do Transporte
  14. Empresas e associações de ônibus de Minas Gerais e do Centro Oeste se interessam pela licitação dos transportes de São Paulo e tentam impugnar editais – Diário do Transporte
  15. Editais de licitação dos ônibus de São Paulo são lançados pela prefeitura e contratos sobem para R$ 71,14 bilhões – Diário do Transporte
  16. Empresas do Reino Unido debatem licitação de ônibus e dizem que modelo de São Paulo limita competição – Diário do Transporte

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: