Doria tira mais R$ 7,8 milhões de corredores de ônibus

Cidade de São Paulo precisa de expansão da rede de corredores de ônibus e aperfeiçoamento de alguns espaços que se limitam a ser faixas à esquerda

Recurso será destinado para Esportes, Obras e Secretaria dos Direitos Humanos. Cortes em infraestrutura de transportes públicos já somam R$ 160 milhões neste ano

ADAMO BAZANI

A gestão do Prefeito João Doria retirou R$ 7,818 milhões previstos no Orçamento para obras em corredores de ônibus e remanejou o dinheiro recuperação de obras de arte na cidade, como viadutos, luminárias e fachadas públicas, e também para as secretarias dos Direitos Humanos e dos Esportes.

O decreto determinado o remanejamento foi publicado nesta sábado, 26 de agosto de 2017. No total, foram trocados de destinação, em forma de abertura de crédito suplementar, R$ 8,834 milhões.

Se forem somados todos os remanejamentos de obras para infraestrutura de transporte coletivo por ônibus, João Doria já retirou para outras áreas em torno de R$ 160 milhões.

Em julho deste ano, foram R$ 70 milhões, a maioria para subsidiar as tarifas de ônibus que estão congeladas e que neste ano precisarão de complementos de mais de R$ 3 bilhões.

A prefeitura responsabiliza o quadro não pelo congelamento, mas pelo excesso de gratuidades que devem ser complementadas com recursos do Orçamento e a necessidade de reestruturação da rede. A mudança das linhas deve ocorrer com a licitação dos transportes que, segundo a prefeitura, deve ter o edital lançado ainda neste ano. A concorrência deveria ter sido finalizada em 2013.

No plano de metas da prefeitura até 2020 são previstos 72 km de corredores de ônibus e dois novos terminais.

Os corredores estariam localizados nas regiões das prefeituras regionais de Aricanduva, Butantã, Campo Limpo, Cidade Tiradentes, Guaianases, Ipiranga, Itaim Paulista, Itaquera, M Boi Mirim, São Mateus e Vila Prudente.

Até 2020, a Prefeitura de São Paulo também quer construir dois terminais de ônibus, ambos na zona leste, no Itaim Paulista e em Itaquera. Relembre matéria veiculada em primeira mão pelo Diário do Transporte:

https://diariodotransporte.com.br/2017/07/11/novo-plano-de-metas-mobilidade-onibus/

Sobre os terminais de ônibus, o Prefeito João Doria quer deixar para a iniciativa privada a responsabilidade pelos investimentos. Inicialmente serão concedido os terminais Capelinha, Campo Limpo (zona Sul) e Princesa Isabel (centro) como projeto piloto de um PMI – Procedimento de Manifestação de Interesse, aberto pela prefeitura. Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2017/08/16/terminais-de-onibus-em-sao-paulo-que-serao-concedidos-a-iniciativa-privada-poderao-ser-totalmente-reconstruidos-e-terao-de-possuir-centro-de-controle-operacional/

Decreto deste sábado:

DECRETO Nº 57.846, DE 25 DE AGOSTO DE 2017 Abre Crédito Adicional Suplementar de R$ 8.834.411,48 de acordo com a Lei nº 16.608/16. JOÃO DORIA, Prefeito do Município de São Paulo, usando das atribuições que lhe são conferidas por lei, na conformidade da autorização contida na Lei nº 16.608/16, de 29 de dezembro de 2016, e visando possibilitar despesas inerentes às atividades da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, Secretaria Municipal de Serviços e Obras, Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania, Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência e do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, D E C R E T A : Artigo 1º – Fica aberto crédito adicional de R$ 8.834.411,48 (oito milhões e oitocentos e trinta e quatro mil e quatrocentos e onze reais e quarenta e oito centavos), suplementar às seguintes dotações do orçamento vigente: CODIGO NOME VALOR 19.10.27.812.3017.3511 Reforma de Equipamentos Esportivos 44903900.02 Outros Serviços de Terceiros – Pessoa Jurídica 799.500,00 22.10.15.451.3009.5187 Recuperação e Reforço de Obras de Arte Especiais – OAE 44903900.08 Outros Serviços de Terceiros – Pessoa Jurídica 7.818.169,00 34.10.14.122.3024.2100 Administração da Unidade 33903300.00 Passagens e Despesas com Locomoção 156.066,22 36.10.14.242.3015.2118 Promoção de Campanhas e Eventos de Interesse do Município. 33909200.00 Despesas de Exercícios Anteriores 15.289,26 90.10.08.243.3012.2803 Operação e Manutenção dos Conselhos e Espaços Participativos Municipais 33903300.00 Passagens e Despesas com Locomoção 45.387,00 8.834.411,48 Artigo 2º – A cobertura do crédito de que trata o artigo 1º far-se-á através de recursos provenientes da anulação parcial, em igual importância, das seguintes dotações: CODIGO NOME VALOR 19.10.27.811.3017.3373 Construção de Centros de Iniciação Esportiva 44905100.02 Obras e Instalações 799.500,00 22.10.26.453.3009.3378 Implantação e Requalificação de Corredores 44905100.02 Obras e Instalações 7.818.169,00 36.10.14.242.3015.2118 Promoção de Campanhas e Eventos de Interesse do Município. 33903900.00 Outros Serviços de Terceiros -Pessoa Jurídica 15.289,26 39.10.14.122.3024.2100 Administração da Unidade 33903300.00 Passagens e Despesas com Locomoção 131.839,92 79.10.14.122.3024.2100 Administração da Unidade 33903300.00 Passagens e Despesas com Locomoção 24.226,30 90.10.08.243.3012.2803 Operação e Manutenção dos Conselhos e Espaços Participativos Municipais 33901400.00 Diárias – Civil 22.500,00 33903000.00 Material de Consumo 7.887,00 33903600.00 Outros Serviços de Terceiros – Pessoa Física 15.000,00 8.834.411,48 Artigo 3º – Este decreto entrará em vigor na data de sua publicação. PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO, em 25 de agosto de 2017, 464º da Fundação de São Paulo. JOÃO DORIA, Prefeito CAIO MEGALE, Secretário Municipal da Fazenda Publicado na Secretaria do Governo Municipal, em 25 de agosto de 2017.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

5 comentários em Doria tira mais R$ 7,8 milhões de corredores de ônibus

  1. Essa história de que a iniciativa privada irá custear corredores de ônibus é das piores que estão circulando. Temos um bom exemplo do que isso significa: o corredor ABD da Metra. Lá ela é a responsável pela manutenção, e o que isso significa? Esse custa entra no cálculo tarifário. São os passageiros, e apenas eles, que arcam com a manutenção de uma via pública. Será mais um ingrediente no custo tarifário paulistano.

    • Mas deveria ser assim – o custo de operação geral do transporte deve ser custeado pela tarifa. As vias da Metra são até que bem cuidadas, em relação a outras vias de corredores equivalentes em SP.

      MAS, tendo o calculo do subsídio para equilibrar as coisas.

  2. Amigos, bom dia.

    PREVISIVELLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLL

    Tá explicado.

    De alguma conta tem de sair o dinheiro para pagar a bateção de lata de articuladinho trucadinho em Sampa.

    Senão, não tinha nenhum rodando, na lata não.

    Att,

    Paulo Gil

  3. ande de ônibus pela Aricanduva, lá perto do shopping. Qualquer veiculo novissimo, com 30 dias já é um lixo de tanto que o asfalto e a faixa (ESCRUSIVA) é ruim, e o ônibus já é um vovô.

1 Trackback / Pingback

  1. Doria anuncia R$ 40 milhões para recape de corredores, mas tem retirado dinheiro destas obras – Diário do Transporte

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: