Avelleda vai ouvir em São Paulo empresas, setor acadêmico e especialistas em evento sobre tecnologia nos transportes

Será que um dia a população poderá ter certeza que cenas como estas não vão se repetir nunca mais?

Conferência vai discutir as alternativas e debater o que poderia já facilitar vida de quem usa ônibus

ADAMO BAZANI

Tecnologia em transportes públicos! Por incrível que pareça o assunto já está virando antigo, mas os resultados práticos de possíveis avanços tecnológicos ainda não são sentidos plenamente pela população.

O que falta para que todas as soluções hoje presentes em diversos setores facilitem a vida do cliente do transporte coletivo, principalmente dos ônibus?

Ao mesmo tempo que, com poucos cliques, é possível realizar uma grande transação financeira internacional (até para paraísos fiscais) ou check-in para uma viagem aérea, ainda são comuns filas de pessoas que tiveram problemas no Bilhete Único ou casos em que o saldo de passagem desapareceu e não houve ressarcimento porque o registro era ruim.

Alguns boletos bancários são pagos apenas com a aproximação da câmera do celular. Entretanto, em muitas vezes, o validador dentro do ônibus não consegue ler o cartão.

Por que a tecnologia ainda não tem o mesmo nível nos transportes coletivos que já alcançou em outros setores?

O que é puro marketing, propaganda apenas, e o que vai sair do virtual e do discurso para facilitar a vida das pessoas de carne e osso?

Nesta terça-feira, 15 de agosto de 2017, em São Paulo, será realizada a Conferência – Inovações Tecnológicas no Transporte Coletivo por Ônibus, com discussões sobre as tendências mundiais em inovação tecnológica para sistemas de transporte, conduzida por representantes da Fundação Getúlio Vargas (FGV), Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) e da Associação Internacional de Transporte Público (UITP na sigla em francês).

O secretário de mobilidade urbana e transportes da gestão Doria, Sérgio Avelleda, disse em nota que vai ao evento tomar conhecimento de tendências.

A ideia do evento é ouvir “todo o mercado fornecedor, universidades, os especialistas e os consultores sobre qual arquitetura de sistema é a mais indicada para uma cidade como São Paulo”

Avelleda e o presidente da SPTrans, José Carlos Martinelli, presidente da SPTrans, José Carlos Martinelli, farão a abertura da Conferência.

A nota da secretaria, explica que após a abertura, serão realizadas duas mesas de debate com o tema “Hardware e Software: Sistemas de Gestão da Operação, Planejamento e Equipamentos Embarcados: como prover um serviço de excelência ao usuário?”. A terceira mesa de discussão terá como tópico “Big Data, Smart Cities, Internet das Coisas e Privacidade: Como atender a uma demanda de maneira eficiente e segura?”.

Pelo menos na propaganda o prefeito João Doria diz querer modernizar o sistema de transportes da cidade de São Paulo.

Doria e a Avelleda já estiveram na Coreia do Sul e na China, por exemplo, para verificar sistemas de controle de tráfego, bilhetagem e informações de transportes.

O prefeito, inclusive, já falou que até o final de sua gestão o cartão do Bilhete Único deixará de ser o principal meio de pagamento eletrônico de passagens de ônibus. Uma das ideias, em parceria com a Samsung, é possibilitar que as pessoas paguem com aproximação de celulares nas catracas.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2017/04/14/prefeitura-de-sao-paulo-firma-parceria-com-samsung-para-testar-pagamento-de-tarifa-onibus-por-celular/

Outra promessa com o Bilhete Único, desta vez em relação à concessão para a iniciativa privada, é tornar o cartão multifuncional, podendo ser utilizado para compras convencionais, acesso a serviços de saúde, educação e abertura de créditos, por exemplo.

Em troca, as empresas que administrariam o Bilhete Único teriam em mãos uma base cadastral de mais de 15 milhões de cartões, dados estratégicos para qualquer empresa de marketing e do setor financeiro.

Só basta saber qual o limite destas empresas em relação à privacidade e tranquilidade dos passageiros.

Por exemplo, o cartão vai mostrar para as empresas que você usa ônibus na zona Norte, aí, de repente, seu perfil no Facebook, seu celular e suas outras redes são bombardeados com anúncios sobre lojas da zona Norte.

Outra promessa que a tecnologia traz é melhorar a gestão dos transportes coletivos.

Em plena era do GPS, das centrais de controle de monitoramento, viagens não são cumpridas, muitas vezes não por causa do trânsito, que justificaria atrasos dos horários, mas por falta de fiscalização adequada.

Por que a tecnologia não se reverte ainda em rigor de fiscalização e eficiência na prestação de serviços com qualidade?

Será que a questão é só tecnologia mesmo?

Serviço

Conferência – Inovações Tecnológicas no Transporte Coletivo por Ônibus

Data: terça-feira, 15 de agosto

Horário: entre 8h30 e 18h

Local: Casa Caetano de Campos

Endereço: Praça da República, 53 – Portão B

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

2 comentários em Avelleda vai ouvir em São Paulo empresas, setor acadêmico e especialistas em evento sobre tecnologia nos transportes

  1. Amigos, boa noite.

    Conforme consta no post acima:

    “O secretário de mobilidade urbana e transportes da gestão Doria, Sérgio Avelleda, disse em nota que vai ao evento tomar conhecimento de tendências.”

    Que verificar tendências, precismos é de trabalho e de resolver os problemas antigões, públicos e notórios.

    Hoje precisei dos serviços do SAMU – 192.

    Pergunta se foi realizado o trabalho ?

    Atendentes despreparados, sem preparo, sem dar informações , sem discernimento,analfabetos funcionais, não sabem de nada.

    Na ausência levei minha esposa ao PS no meu carro mesmo.

    Ao ligar 192, para cancelar o “serviço” a ligação caiu no 192 de Osasco (talvez por eu estar próximo).

    Porque Osasco não usa outro número.

    Como posso ligar para o 192 e cair em outra cidade.

    Isso é um absurdo, o cúmulo de ineficiência.

    Se Sampa tem mais de 700 municípios, porque cada município não tem um númeor de ambulância

    E cade os MEUS R$ 20,00 do meu BU que foi levado no assalto em 22.02.17.

    JÁ LAVARAM A PRAÇA DA REPÚBLICA E OS ARREDORES?

    E OS COCOZÕES HUMANOS, JÁ REMOVERAM.

    Cuidado para os convidados não pisarem no COCOZÃO.

    Querem ver as tendência, ASISTAM:

    https://www.youtube.com/watch?v=JDCM6AKD_ns

    Passem o 192 para os bombeiros e unifiquem no 193, pois os BOMBEIROS é a única coisa que funciona e se pode confiar no Barsil, o resto esquece.

    CHEGA de filosofia, VAMOS TRABALHAR PMSP.

    Mandem arrumar a porta do 8 1956 e trancar a caixa de porta.

    De boa intenção e Tendências, o INFERNO ESTÁ CHEIO.

    QUE ABSURDO!

    Att,

    Paulo Gil

  2. Corrigindo:

    Mandem arrumar a porta do 8 1056 e trancar a caixa de porta.

    https://www.youtube.com./watch.?v=tq-n_JBBJpI

    Att,

    Paulo Gil

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: