Doria quer usar dinheiro de privatizações para pagar subsídios ao sistema de ônibus

Os R$ 3 bilhões previstos pelo setor de transportes em subsídios serão 30% maiores que todo o orçamento para a SPTrans

Esta é uma das possibilidades previstas em projeto de lei assinado pelo vice-prefeito Bruno Covas sobre recursos do programa de desestatização

ADAMO BAZANI

As prioridades são investimentos em áreas como saúde, mobilidade urbana, educação e segurança urbana.

No entanto, os recursos que serão obtidos pelas concessões, parcerias público-privadas e vendas de espaços e serviços públicos também poderão ser usados para pagar despesas programadas da prefeitura e até dívidas, como precatórios.

A possibilidade está em projeto de lei encaminhado à Câmara Municipal de São Paulo pelo vice-prefeito Bruno Covas, do PSDB, enquanto o João Doria estava em viagem pela Coreia do Sul.

Pela proposta, a prefeitura teria autorização para usar o dinheiro em despesas como os subsídios ao sistema de transportes coletivos.

São anunciar as desestatizações, Doria havia dito que o dinheiro seria apenas para investimentos em setores essenciais.

O projeto abre citando as áreas prioritárias, mas no artigo 6º estipula que o dinheiro pode ser usado para outros objetivos e não somente com investimentos desde que haja recomendação pelo Conselho Municipal de Desestatização e Parcerias.

O conselho é formado por aliados bem próximos a Doria, como secretários de Justiça,  Desestatização e Parcerias, da Fazenda Municipal, Gestão, Relações Internacionais e de Governo.

A decisão final será de Doria.

Na edição desta quarta-feira, 19 de abril, o Diário do Transporte mostrou com base em documento oficial da prefeitura que os subsídios estimados ao setor de transportes, principalmente após a decisão pelo congelamento da tarifa unitária, poderão neste ano ser 30% maiores que todo orçamento previsto para SPTrans realizar diversas atividades. Acesse e leia: https://diariodotransporte.com.br/2017/04/19/subsidios-estimados-pelo-setor-de-transporte-em-sao-paulo-serao-30-maiores-que-orcamento-da-sptrans/

O projeto ainda será votado pela câmara, mas divide opiniões entre os vereadores.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

1 comentário em Doria quer usar dinheiro de privatizações para pagar subsídios ao sistema de ônibus

  1. Amigos, bom dia.

    O que a PMSP tem para privatizar que a iniciativa privada tem interesse ???

    Deviam comecar pelas Prefeituras Regionais e o IPTU das respectivas, esta setia uma otima ideia, para acabar com os buracos na faixa do buzao.

    Sera que a fiscalizadora vai nessa ??????

    E uma otima oportunidade para fazer o buzao comecar a funcionar

    Att,

    Paulo Gil

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: