Caio e Iveco apresentam primeiro micro-ônibus inclusivo Soul Class

Modelo é o primeiro fruto de uma parceria entre as duas fabricantes no mercado de ônibus, diz diretor da Caio, Maurício Lourenço da Cunha

ÁDAMO BAZANI

A Iveco Bus, fabricante de chassi, e a Caio, encarroçadora de ônibus, lançaram na manhã desta terça-feira, 18 de abril de 2017, o modelo de micro-ônibus Soul Class.

As duas empresas dizem se tratar do primeiro micro-ônibus inclusivo do País.

“Não é apenas um ônibus acessível, mas inclusivo porque com soluções como as plataformas elevatórias com as poltronas para pessoas que dependem de cadeiras de rodas, o usuário com algum tipo de limitação tem o mesmo conforto que os demais passageiros” disse Gustavo Serizawa, gerente de marketing da Iveco Bus para a América Latina.

“Pensamos também na segurança dos passageiros. O fato é que são pouquíssimas cadeiras de rodas ideais para que a pessoa seja transportada num veículo sentada nelas. Se há uma freada brusca ou até uma colisão, mesmo com cinto de segurança preso, a cadeira de rodas não é dimensionada para suportar esta carga de impacto. Poucas são as cadeiras homologadas para isso, mas se o passageiro com deficiência é transportado na poltrona projetada de fábrica é muito mais seguro. Ele tem a mesma segurança que outros passageiros. Nos ônibus urbanos ainda há os anteparos onde a parte traseira da cadeira de rodas é apoiada, mas nos ônibus executivos ou rodoviários isso é impossível. Assim a solução DPM  – Dispositivo de Poltrona Móvel é ideal não somente à acessibilidade, mas também à segurança” – explica Gustavo.

É solução semelhante da van Elevittá, da Iveco.

A poltrona baixa no elevador até o solo, o cadeirante é colocado na poltrona ou pode se acomodar por conta própria. O elevador sobe e este usuário é transportado como as demais pessoas no salão de passageiros. Nem parece que é uma poltrona especial.

2SC

Equipamento leva poltrona para fora e ao solo

3SC

Passageiro se acomoda na poltrona, sozinho ou com ajuda, dependendo de sua condição

4SC

Procedimento de subida é iniciado

6SC

Elevação ocorre de maneira suave, mas procedimento é rápido

7SC

Passageiro com limitação de movimento viaja como os demais usuários

A vantagem, segundo as fabricantes, é que além de o passageiro com limitação de movimentos não ser diferenciado dos demais usuários, quando não há nenhuma pessoa que necessite do acionamento do elevador, o espaço desta poltrona não fica ocioso já que o assento pode ser usado nas aplicações comuns.

O Soul Class tem as seguintes versões

– Escolar:

29 a 31 pessoas e motorista.

1SC

9SC

8SC

13SC

Comprimento total: 7.350 mm

Altura interna: 2.000 mm

Altura externa: 2.900 mm

Largura: 2.200 mm

Balanço Dianteiro: 940 mm

Balanço Traseiro: 2.420 mm

Entre eixos: 3.990 mm

Rodoviário:

– Executivo: 24 passageiros, dois passageiros com deficiência e motorista

– Fretamento (sem ser executivo): 29 passageiros, dois com atendimento especial e motorista

10SC

12SC

Como acesso ao conjunto do motor e outros equipamentos é feito somente pela parte externa, nível de ruído e calor dentro do veículo são menores porque o isolamento é total, garantem Caio e Iveco

11SC

Tampa do bagageiro traseiro “invade área de para choque, permitindo melhor acesso. Espaço pode levar até quatro cadeiras de rodas

Comprimento total: 8.120 mm

Altura interna: 2.000 mm

Altura externa: 2.850 mm sem mar-condicionado ou 3100 mm com ar

Largura: 2.200 mm

Balanço Dianteiro: 940 mm

Balanço Traseiro: 2.830 mm

Entre eixos: 4.350 mm

O preço do veículo não foi divulgado pelas empresas que, entretanto, garantem boa relação custo/benefício

O chassi é o 70C17, de 170 cavalos, e a carroceria é a FF2200i.

Entre as características do veículo estão:

– Luzes de LED, inclusive no conjunto ótico.

– Carroceria sem vincos laterais.

– Janelas colocadas na versão executiva.

– Tampa do bagageiro traseiro “invade” para choque, facilitando manuseio

– Tampa do bagageiro de alumínio

– Painel integrado

– Difusores de ar, porta objetos e porta copos no cockpit.

– Acesso à parte mecânica pela parte externa.

– Poltrona pneumática do motorista.

– Retrovisores elétricos de série nas versões executivas e opcionais para a escolar

  • Farol de Neblina
  • A porta sedã de acesso à poltrona elevatória tem uma limitação para não bater na porta pantográfica de acesso dianteiro, no caso do modelo rodoviário.
  • Bagageiro transporta de 3 a 4 cadeiras de rodas.

“É o primeiro micro-ônibus de características rodoviárias e de fretamento que atende a norma 269 do Inmetro que entra em vigor em julho. Todos os ônibus deverão contar com as plataformas elevatórias e esta parceria entre Caio e Iveco sai na frente” – disse o diretor de negócios da Iveco Bus para a América Latina, Humberto Spinetti.

Ádamo Bazani, jornalista especializado em transportes

5 comentários em Caio e Iveco apresentam primeiro micro-ônibus inclusivo Soul Class

  1. MARCOS NASCIMENTO // 18 de abril de 2017 às 19:40 // Responder

    Cruz-Credo Tchê ! Como é que a CAIO conseguiu se superar projetando o microônibus MAIS FEIO de todo o Brasil e de toda a América Latina ??? Cadê um design harmonioso, agradável e estético na parte externa ? Até parece que os novos projetistas de carrocerias da CAIO foram todos formados na Universidade de Cuba !!!

  2. Marcos Nascimento, boa noite.

    Carolina e Amelia, nunca mais.

    Mas iesse bico ja era esperado, eu nao sei porque mas os Ivecos e os Fiats sempre tiveram carrocerias de micro bicudas que nao da uma boa estetica.

    Os primeiros VW eram bicudos tambe, mas corrigiram o chassi, penso eu.

    Abcs,

    Paulo Gil

  3. Amigos, boa noite.

    Como eu disse acima, o “bico” ja era esperado.

    Gostaria de saber se ja estao disponiveis nas concessionarias Iveco, para vermos com as maos a ergonometria interna.

    O painel, podia ser bem mais simples, reduzindo custos e aumentando espacos.

    Sera que as grades e os farois dianteiros sao os mesmos do Apache ????

    Pelo menos um compartimento para guardar uma cadeira de rodas tinha de ser igual a uma gaveta deslizante, muito mais pratico.

    A modelo da porta e linda, mas a porta tinha de ser automatica e de correr, nao sei se fizeram assim para reduzir custos ou ha algum impedimento tecnico.

    Sugiro a Indusscar e a IVECO fazer uma Hacaktona para aproveotar as boas ideias de muitas pessoas.

    Eu conheci uma guia de turismo em Recife que ela tem um caderno com um projeto sanando os defeitos e aprimorando os buzoes de turismo, face as dificuldades e necessidades diaria que ela, como profissional da area vivencia no seu dia a dia.

    Eu tambem tenho uma ideias loias para movimentacao rapida de idosos e PNE’s.

    Mas lembrem-se nada de “open ijovation” ou projetos colaboratvos, ideias tem valor comercial e todos precisam faturar.

    Pensem na ideia.

    Tudo tem preco.

    E por falar em preco qual o preco desse novo micro ?????

    Nao tem como vender sem ter preco, simplifiquem e exponham o micrinho nas concessionarias.

    Aviso aos departamentos de marketing que eu tenho uma letra de musica chamada “motorista de coracao” , se quiserem usar para fazer um comercial, e so me contatar que negociamos.

    Quem chegar primeiro leva, a Marcopolo nao se manifestou ainda.

    Att,

    Paulo Gil
    “Buzao e Emocao e a Paixao”

  4. Mauro César de oliveira // 26 de junho de 2017 às 18:30 // Responder

    Preciso ter contato com a concessionária . assunto adquirir veículos escolares.

3 Trackbacks / Pingbacks

  1. Chassi de 17 toneladas ajuda em crescimento da Iveco, que assumiu segundo lugar no ranking de emplacamentos em abril – Diário do Transporte
  2. Concessionária Iveco em São Paulo apresenta SouClass, apostando na retomada deste segmento – Diário do Transporte
  3. Concessionária Iveco em São Paulo apresenta Soul Class, apostando na retomada deste segmento – Diário do Transporte

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: