Comec acaba com linha entre o Centro de Curitiba e aeroporto e cria ligação até o Terminal Boqueirão

Segundo gerenciadora do terminal será possível seguir em outras linhas de ônibus do sistema pelo terminal

ADAMO BAZANI

A partir da próxima segunda-feira, 10 de abril de 2017, a Comec – Coordenação da Região de Metropolitana de Curitiba, responsável pelos ônibus intermunicipais, extingue a linha direta que ligava o Centro Cívico, na região central de Curitiba até o aeroporto em São José dos Pinhais.

Em substituição, será criada a linha E32-Aeroporto/Terminal Boqueirão (Curitiba).

Com isso, o ônibus “Ligeirinho” que fazia a primeira parada na estação-tubo Salgado Filho (bairro Uberaba), onde era possível fazer integração, agora terá o primeiro ponto no Terminal Central de São José dos Pinhais.

Em nota, a Comec explica as paradas entre São José dos Pinhais e o Terminal Boqueirão, além das possibilidades de integração com linhas municipais.

Depois do Terminal São José dos Pinhais, o ônibus segue para o Terminal Boqueirão onde os usuários poderão fazer as seguintes integrações: para ir para o centro (Praça Carlos Gomes) terão a disposição o Expresso 500-Ligeirão Boqueirão e o 503-Boqueirão. Os que desejam ir para Museu Oscar Niemeyer, Centro Cívico, Círculo Militar, Terminal Guadalupe e Paiol devem embarcar no ligeirinho 505-Boqueirão/C.Cívico.

As pessoas que estão na estação-tubo Salgado Filho poderão utilizar a linha 022-Inter2 para ir até o Terminal Hauer. Neste local, fazem conexão com o Terminal Boqueirão onde embarcam na nova linha para chegar ao aeroporto.

Quem vem do aeroporto e deseja ir até a Rodoferroviária, no Terminal Boqueirão deverá embarcar no ligeirinho 505-Boqueirão/C.Cívico. Na estação-tubo Paiol deve fazer integração com a linha 518-PUC/Rodoferroviária.


AMPLIAÇÃO DE HORÁRIOS da PUC RODOVIÁRIA


Ainda na nota, a gerenciadora informou que a Urbs (Urbanização Curitiba SA) vai ampliar o atendimento do ligeirinho 518-PUC/Rodoferroviária. Esta linha operava somente nos horários de entrada e saída das aulas da PUC mas, a partir de 10 de abril, vai passar a operar o dia todo. Esta alteração vai melhorar também o atendimento dos usuários de Fazenda Rio Grande que utilizam a linha F02-Ctba/Fazenda e precisam se deslocar até a Rodoviária. Na estação nova da PUC poderão embarcar na linha 518-PUC/Rodoferroviária.

OUTRAS LINHAS:

A Comec, a Urbs – Urbanização de Curitiba S.A., responsável pelos transportes da capital paranaense, e prefeituras ao entorno de Curitiba estão reformulando a operação das linhas para que haja uma maior integração dos trajetos, sem necessidade de pagamento de mais de uma tarifa.

Quando o prefeito de Curitiba, Rafael Greca, se elegeu prometeu juntamente com Governo do Estado, Beto Richa, concluir até julho deste ano o que classificou como reintegração da RIT – Rede Integrada de Transporte. Em 2015, houve a separação da gestão entre as linhas metropolitanas e as municipais da capital. Até então, todas eram de responsabilidade da Comec.

Já houve alteração nas seguintes operações:

– 23 de janeiro de 2017: Início do funcionamento da linha CIC/Colombo. Em nota, a Urbs – Urbanização de Curitiba S.A. diz que com a volta da linha Colombo/CIC, “os passageiros agora podem percorrer os 26 quilômetros do trajeto sem precisar mudar de ônibus, substituindo as linhas CIC-Cabral e Maracanã-Cabral. Do Terminal do Maracanã, em Colombo, a viagem pode seguir diretamente até a CIC, cruzando o Centro de Curitiba. Com Araucária, a Urbs reabriu o Terminal CIC para embarque e desembarque dos ligeirinhos Araucária-Capão Raso e Angélica-Capão Raso, que antes desviavam seguindo até o Capão Raso.”

– 29 de março de 2017: Os ônibus “Ligeirinhos” da linha F 02 Curitiba/Fazenda Rio Grande, da Leblon Transporte de Passageiros, passaram a partir desta quarta-feira, 29 de março de 2017, a atender à nova estação PUC, em Curitiba. Nesta estação, já é possível integrar com os ônibus “Ligeirinho” das linhas Aeroporto e PUC/Rodoferroviária. A antiga estação-tubo foi desativada. A estação-tubo da PUC tem leitores do cartão Urbs e Metrocard. A F 02 atende a 7,49 mil pessoas por dia, segundo a Comec

– 05 de abril de 2017: Início da operação definitiva da H24-T.Angelica/T.Pinheirinho (Direto), que deve atender a 7 mil pessoas por dia. A prefeitura de Araucária criou uma linha municipal Hortência-Angélica para atender os moradores da região do bairro Tupi afetados pelo fim da linha Tupi-Pinheirinho. O início da nova linha entre Araucária e Curitiba deveria ocorrer no dia 27 de março, mas a data foi adiada por falta de acordo entre a empresa Transtupi e prefeitura.

– 10 de abril de 2017: Comec extingue a ligação direta do Centro Cívico, na região central de Curitiba até o aeroporto em São José dos Pinhais. No lugar, criou a linha E32-Aeroporto/Terminal Boqueirão (Curitiba). Com o novo trajeto, é possível integração com as linhas Expresso 500-Ligeirão Boqueirão, ,503-Boqueirão, 505-Boqueirão/C.Cívico, 518-PUC/Rodoferroviária.

MUDANÇAS EM FAZENDA RIO GRANDE:

A partir desse sábado, 08 abril de 2017, passageiros de ônibus de Fazenda Rio Grande, município da região metropolitana, vizinho de Curitiba, devem estar atentos já que haverá mudanças em algumas linhas.

As alterações são em trajetos das linhas F13-Estados l, F19-Santa Teresinha, F26-Santa Teresinha Ipê e F27-Eucaliptos lll.

Confira as mudanças:

–  O trecho da Av. Nossa Senhora Aparecida que era atendido pela Linha
F13-Estados l, passará a ser atendido pela Linha F19-Santa Teresinha;

– A Rua Santa Rita de Cássia que atualmente é atendida pela Linha F26-Santa
Teresinha – Ipê, será atendida pela Linha F19-Santa Teresinha;

– A Rua Santo Antônio que está sendo atendida pela Linha F26-Santa Teresinha – Ipê será atendida pela Linha F13-Estados l;

– As avenidas Amazonas, Santa Mônica e São Cristóvão que eram atendidas pela Linha F19-Santa Teresinha serão servidas pela Linha F26-Santa Teresinha Ipê

–  A Linha F27-Eucaliptos lll vai percorrer  a Avenida Aurora por mais 500
metros, colocando assim, a oferta de  ônibus mais próxima da comunidade. Para isso, serão implantados mais dois pontos de parada neste trecho.

“A Viação Nobel desenvolve constantemente estudos para melhorar o atendimento ao cidadão de Fazenda Rio Grande. Ouvimos as necessidades dos passageiros e junto com a Comec fazemos as alterações para beneficiar a maioria” – disse Nabor de Anunciação, coordenador de tráfego do Grupo Leblon transporte de Passageiros.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes