BRT Trancarioca começa a operar com 100% das estações neste sábado

BRT Rio de Janeiro

Todas as estações do BRT Transcarioca passam a operar a partir deste sábado. Corredor de ônibus deve atender a 320 mil passageiros por dia. – Divulgação

BRT Transcarioca começa a operar com 100% das estações a partir deste sábado
Demanda atendida por dia sobe para 192 mil passageiros, mas estimativa é de que número chegue a 320 mil pessoas diariamente
ADAMO BAZANI – CBN
A partir deste sábado, dia 04 de outubro de 2014, o BRT Transcarioca passa a operar com todas as estações do sistema após 4 meses de inauguração.
As seis estações, que ainda não tinham sido inauguradas, vão começar a atender o que possibilitará, a partir deste sábado também, a linha paradora Galeão-Penha com intervalos de 10 minutos, atendendo às estações Penha (I e II), Ibiapina, Olaria, Cardoso de Moraes, Santa Luzia, Maré, Fundão, Galeão 2 e Galeão 1.
Já a linha expressa que ia até a Penha, passa a ser Fundão-Alvorada, com intervalos de 7 minutos e operação das 5 horas às 23 horas.
Nesta nova fase, a prefeitura do Rio de Janeiro não vai fazer cortes nas linhas convencionais, mas há planos para elas serem convertidas em alimentadoras do sistema com o passar do tempo.
Atualmente, o BRT Transcarioca, sistema de corredor de ônibus de trânsito rápido com estações e terminais mais modernos, atende 182 mil passageiros por dia. A partir deste sábado, serão 192 mil passageiros e até o final do ano, com a reestruturação das linhas, o número de pessoas transportadas vai subir para 320 mil por dia.
Algumas linhas do sistema funcionam 24 horas. Confira os serviços, horários e estações, conforme nota do Consórcio BRT:
GALEÃO-ALVORADA: (Semidireto)
Horário de funcionamento: 24h
Estações: Terminal Alvorada, Vicente de Carvalho, que integra com o metrô, Galeão – Tom Jobim 2 e Galeão – Tom Jobim 1.
FUNDÃO-ALVORADA: (Expresso)
Horário de funcionamento: das 5h às 23h (segunda a sábado)
Estações: Terminal Alvorada, Rio 2, Santa Efigênia, Taquara, Tanque, Praça Seca, Campinho, Madureira/Manaceia (integração com o trem), Mercadão, Vicente de Carvalho (integração com Metrô), Penha, Santa Luzia e Fundão.
FUNDÃO-ALVORADA: (Parador)
Horário de funcionamento: das 23h às 5h (segunda a domingo) OBS: No domingo esse serviço funciona 24h.
Estações: Terminal Alvorada, Lourenço Jorge, Aeroporto Jacarepaguá, Via Parque, Centro Metropolitano, Hospital Sarah, Rio2, Pedro Correia, Curicica, Praça do Bandolim, Arroio Pavuna, Vila Sapê, Recanto das Palmeiras, Divina Providência, Merck, André Rocha, Taquara, Aracy Cabral e Tanque, Ipase, Praça Seca, Capitão Menezes, Pinto Teles, Campinho, Madureira Manaceia, Mercadão, Otaviano, Vila Queiroz, Vaz Lobo, Marambaia, Vicente de Carvalho (integração com Metrô), Vila Kosmos, Pedro Taques, Praça do Carmo, Guaporé, Pastor José Santos, Penha, Ibiapina, Olaria (Cacique de Ramos), Cardoso de Moraes (Viúva Garcia), Santa Luzia, Maré e Fundão.
MADUREIRA – PENHA (Parador)
Horário de funcionamento: 4h às 23h (segunda a sábado)
Estações: Penha, Pastor José Santos, Guaporé, Praça do Carmo, Pedro Taques, Vila Kosmos, Vicente de Carvalho (integração com Metrô), Marambaia, Vaz Lobo, Vila Queiroz, Otaviano, Mercadão e Madureira Manaceia.
MADUREIRA-ALVORADA (Parador)
Horário de funcionamento: 4h às 23h (segunda a domingo)
Estações: Terminal Alvorada, Lourenço Jorge, Aeroporto Jacarepaguá, Via Parque, Centro Metropolitano, Hospital Sarah, Rio2, Pedro Correia, Curicica, Praça do Bandolim, Arroio Pavuna, Vila Sapê, Recanto das Palmeiras, Divina Providência, Merck, André Rocha, Taquara, Aracy Cabral e Tanque, Ipase, Praça Seca, Capitão Menezes, Pinto Teles, Campinho e Terminal Paulo da Portela, em Madureira (integração com o trem).
MADUREIRA-ALVORADA (Expresso)
Horário de funcionamento: das 5h às 23h (segunda a sábado)
Estações: Terminal Alvorada, Rio 2, Santa Efigênia, Taquara, Tanque, Praça Seca, e Terminal Paulo da Portela, em Madureira (integração com o trem).
GALEÃO-PENHA (Parador)
Horário de funcionamento: das 5h às 23h (segunda a sábado)
Estações: Penha (I e II), Ibiapina, Olaria (Cacique de Ramos), Cardoso de Moraes (Viúva Garcia), Santa Luzia, Maré, Fundão, Galeão – Tom Jobim 2 e Galeão – Tom Jobim 1.
O BRT TRANSCARIOCA:
Com capacidade para atender 320 mil passageiros por dia, o BRT Transcarioca liga o Terminal Alvorada, na Barra da Tijuca, ao Aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim, na Ilha do Governador. São 39 quilômetros de extensão, com 47 estações e cinco terminais. O BRT Transcarioca presta serviços em 27 bairros: Barra da Tijuca, Jacarepaguá, Curicica, Cidade de Deus, Taquara, Tanque, Praça Seca, Campinho, Madureira, Cascadura, Engenheiro Leal, Turiaçu, Vaz Lobo, Vicente de Carvalho, Irajá, Vila da Penha, Vila Kosmos, Brás de Pina, Penha Circular, Penha, Olaria, Ramos, Bonsucesso, Complexo do Alemão, Maré, Fundão e Galeão.
BRT TRANSOESTE:
Há outro sistema de corredor de ônibus na cidade do Rio de Janeiro, o BRT Transoeste. A primeira fase já foi inaugurada e conta com 56 quilômetros de extensão entre o Terminal Alvorada a Santa Cruz e Campo Grande.
O sistema deve operar com 100% das estações até 2016, quando serão inaugurados os sete quilômetros restantes. Com a conclusão desta segunda etapa, o Transoeste terá no total 63 km de extensão e 57 estações de BRT, além de 3 terminais.
BRT TRANSBRASIL E BRT TRANSOLÍMPICA:
O Rio de Janeiro ainda vai contar com outros dois corredores de ônibus de alta capacidade – Corredor de Ônibus BRT Transolímpica: Jacarepaguá a Deodoro e – BRT Transbrasil.
Com 32 quilômetros de extensão, o Transbrasil será o maior BRT do mundo em relação à capacidade de transporte. Quando estiver inteiramente pronto, segunda a prefeitura do Rio de Janeiro, vai atender diariamente a 900 mil passageiros. Capacidade semelhante à de linha de metrô, mas com custo bem menor: R$ 1,5 bilhão. Deste total, R$ 1,097 bilhão terá como fonte de recursos o PAC – Programa de Aceleração do Crescimento – Mobilidade Urbana, do Governo Federal. O restante virá de recursos da Prefeitura do Rio de Janeiro.
A obra será dividida em duas etapas: Do Aeroporto Santos Dumont até a Ligação com o TransOeste (Galeão – Barra da Tijuca). O custo deste trecho será de R$ 785,5 milhões. A outra etapa vai ser da Ligação com o TransOeste até Marechal Deodoro.
O trajeto completo vai atender vias e conexões com alto fluxo de pessoas. O ponto de partida será na estação de trem Deodoro de onde vai percorrer pela a Avenida Brasil.
No centro da cidade, vai seguir pela Avenida Francisco Bicalho e Avenida Presidente Vargas, chegando ao Terminal da Candelária. Depois ele vai seguir para o Aeroporto Santos Dumont, passando por um túnel que começa na Avenida Presidente Antônio Carlos e segue sob o aterro do Flamengo.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

4 comentários em BRT Trancarioca começa a operar com 100% das estações neste sábado

  1. Amigos, boa noite.

    Enquanto isso, Sampa.

    ZzzzzzzzzzzZzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz

    Att,

    Paulo Gil

  2. SP ta longe de ter uma linha grande de BRT foda.

  3. O Rio acertou ao optar por BRT nas grandes rotas perimetrais e está colhendo os frutos.
    Enquanto São Paulo insiste em rotas inadequadas (no mínimo muito mais difíceis e pretensiosas) e não consegue emplacar nem o 1o. projeto.

    As capacidades citadas – 320 e 900 mil passageiros por dia – certamente não consideram 100% da extensão dos corredores durante todo o período. Mais transparência é necessária e seria informação muito útil para os próximos projetos, não só no Rio.

  4. Ádamo!
    Seria muito interessante para uma coluna aqui no Blog você utilizar o TransOeste ou o TransCarioca – ou ambos – também para reportagem na CBN.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: