GREVE DE ÔNIBUS EM FORTALEZA: Sindicatos ainda tentam evitar

Publicado em: 17 de junho de 2012

GREVE DE ÔNIBUS EM FORTALEZA É ADIADA :

Veja Neste link ou na página principal do Blog clicando sobre a foto da frente do ônibus Branco e Vermelho com a inscrição 464 – EPT

Greve de ônibus em Fortaleza é suspensa

ônibus

Apresa da greve de ônibus em Fortaleza já ter sido decidida pelos motoristas e cobradores para ter início na terça-feira, dia 19 de junho de 2012, ainda há possibilidade de a paralisação não ocorrer. O Sindionibus, que representa as empresas, e o Sintro, mesmo não chegando a um consenso até agora, não descartam a possibilidade de novos diálogos.

Greve de ônibus em Fortaleza: mesmo com paralisação decretada, sindicatos tentam evitar protesto que vai deixar mais de um milhão sem transportes
Greve foi decidida em Assembléia na quinta-feira e está marcada para ter início nesta terça-feira

ADAMO BAZANI – CBN
Apesar da greve de ônibus em Fortaleza já ter sido decretada em assembléia na quinta-feira da semana passada para ter início nesta terça-feira, dia 19 de julho de 2012, há ainda esperança para os cerca de um milhão de passageiros que devem ser prejudicados caso o protesto dos trabalhadores ocorra.
O Sindionibus – Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Ceará e o Sinttro – CE – Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado do Ceará não descartam a possibilidade de entrarem em um acordo, apesar de até agora não ter havido um consenso entre trabalhadores e patrões, o que levou a decisão pela greve.
Em nota à imprensa, o presidente do sindicato das empresas de ônibus, Dimas Barreira, disse que nesta segunda-feira, a entidade vai tentar mais uma vez evitar a greve e, se não for possível, vai pedir o cumprimento de 50% da frota durante a greve, com quantidade de carros ampliada para 70% nos horários de pico.
“Reafirmamos, portanto, o nosso compromisso para que, até segunda-feira, encontremos uma solução para o fechamento de um acordo na mesa de negociação. É nosso dever tranquilizar a população no sentido de garantir a prestação do serviço de transporte se uma greve por parte do Sintro realmente ocorrer. Nesse caso, a Justiça determinará a frota mínima circulante conforme ocorreu em 2010, quando estabeleceu 70% no horário de pico e 50% no entrepico”
Já o vice-presidente do sindicato dos motoristas e cobradores, Sérgio Barbosa, disse que a entidade está aberta para conversar se caso for de interesse das empresas de ônibus.

PROPOSTAS:

A greve foi decretada na quinta-feira após a reunião de quarta entre Sinttro – CE e Sindionibus não ter resultado em um consenso.
A comunicação da greve foi feita oficialmente pelos trabalhadores às empresas de ônibus na sexta-feira. A lei determina que a paralisação de serviços essenciais, como de transportes coletivos, seja avisada com no mínimo 72 horas de antecedência que, neste caso, se completariam nesta terça-feira, dia 19 de junho.
Inicialmente, os trabalhadores pediam reajuste salarial de 25%, índice depois que foi reduzido para 15%. Os motoristas e cobradores ainda pedem aumento no valor de cada folha do vale-refeição de R$ 7,00 para R$ 12,00 que a cesta básica passe de R$ 60,00 para R$ 80,00.
As empresas de ônibus oferecem reajuste salarial de 4,88% e manutenção dos valores dos benefícios.
Atualmente, o salário de um motorista de ônibus em Fortaleza é de R$ 1273,00 e de um cobrador é de R$ 734.
A categoria também pede o fim da dupla função dos motoristas nos micro-ônibus, que dirigem e cobram ao mesmo tempo.
Os serviços em Fortaleza são prestados, de acordo com o Sindionibus, pelas seguintes empresas:
Empresas urbanas
Auto Viação Dragão do Mar
Viação Fortaleza
Viação São José
Montenegro
Empresa Cearense
Siará Grande
Santa Maria
Asa Azul
Viação Timbira
Maraponga Transportes
Maratur
Rota Expressa
São Benedito
Terra Luz
Transpessoa
Aliança
Vega
Fretcar
Viação Urbana
São Francisco
Vega 2
Expresso Timbira

Empresas Metropolitanas
Penha
Via Metro
São Benedito
Empresa São Paulo
Princesa dos Inhamuns
Empresa Vitória
Vitória 2
Autoviária Maranguape
Fretcar

POPULAÇÃO JÁ PENSA EM OUTRAS FORMAS DE TRANSPORTES:

Com medo de não poder trabalhar, estudar e perder compromissos importantes, inclusive consultas, cirurgias e tratamentos médicos, por causa da greve dos motoristas e cobradores de ônibus de Fortaleza, parte da população já pensa em como driblar a paralisação.
Desde acordar mais cedo para caminhar a mais até pagar táxi, moto-táxi e lotação estão nos planos dos passageiros.
O Sindimotofor – Sindicato dos Mototaxistas de Fortaleza espera dobrar o número de viagens se caso a greve ocorrer. Já o Sinditáxi – Sindicato dos Taxistas da Capital, acredita que o faturamento dos motoristas de táxi deve aumentar em 50%.
Os passageiros devem estar atentos para a cobrança de preços abusivos.
Na bandeira 1 dos táxis, cada 1,8 quilômetro percorrido custa R$ 2,83 e na Bandeira 2, entre 20 horas e 06 da manhã, o preço é de R$ 3,62.
A Etufor – Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza, que gerencia os sistemas de ônibus, táxis e mototáxis, disse que vai fiscalizar de maneira mais intensa para evitar tarifas que não sejam autorizadas.
Para os serviços de mototáxis, não há preços tabelados, mas os passageiros não devem aceitar abusos, orienta a Etufor.
Durante toda a semana passada, motoristas e cobradores fecharam terminais de ônibus e vias, por períodos limitadas já em forma de protesto.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

Comentários

  1. Josy disse:

    É triste saber que um profissional seja ele qual for, e em particular o motorista de ônibus, que
    trabalha transportando vidas,para receber um aumento salarial que é por lei,precisa se submeter
    a fazer greve.
    Srs. empresarios: é preciso que isso aconteça???

  2. Ricardo disse:

    É um ABSURDO!!! Uma verdadeira falta de respeito, esses empresários que só visam o lucro pro bolso deles e o trabalhador que rala o dia para ganhar uma miséria de salário que não dar se quer, pelo menos, pra viver bem.

  3. FONSECA disse:

    O BRASIL É DE FATO UM PAIS DE TOLOS!!!!!!!!!!!!!! ACORDA BRASIL!!!!!!!!!!!!!!!

  4. ingrid sousa disse:

    eles tem que deixar rodar pelo menos a metade dos onibus sei que eles precisam muito desse aumento pois meu pai trabalha em uma empresa de onibus correndo o risco de nao voltar vivo por conta da violencia todos os dias.
    mas, eles tem que se por em nosso lugar pois precisamos deles para trabalhar,estudar e fazer outras coisas importantes.
    por isso senhores empresarios se concientizem e entrem em um acordo!!!!!!!

    1. Gabrielly Rodrigues disse:

      O movimento grevista perdeu a sensibilidade de fazer greve, nesse movimento mais precisamente percebemos o jogo de politicagem, com o direito do cidadão. Onde fica meu direito de ir e vir?
      Nada mais incrivel, que descobrir que um motorista de onibus ganha R$ 1.273,00 (FORMAÇÃO NIVEL MÉDIO) enquanto professores e profissionais da sáude(NIVEL SUPERIOR, OU SEJA PASSOU DE 4 A 5 ANOS ESTUDANDO) tem salario base de 1.200,00.
      Adoro a consciência politica do meu país.
      Parabéns Brasil !!!!

      1. cristinao oliveira disse:

        minha filhaa entendaa que o motorista trasporta vida e arriscado e Humano ingual a vc, vc sabe dirigir um onibus desses,transportando passageiros lotado arriscando levar um assalto,encarando esse transito caostico aki em fortaleza.. se ligaaa gata antes de fala merdaaaaaa.. vai estudar que e melhor viu

  5. GREVE DE ÔNIBUS EM FORTALEZA É ADIADA :
    Veja Neste link ou na página principal do Blog clicando sobre a foto da frente do ônibus Branco e Vermelho com a inscrição 464 – EPT
    http://blogpontodeonibus.wordpress.com/2012/06/18/greve-de-onibus-em-fortaleza-e-suspensa/

  6. Juvelina Maria da Conceição Almeida 3º TB nº 28 disse:

    Infelismente o brasil é assim, acho um absurdo uns ganharem tanto e outros mau conseguem comer e pagar suas contas por exeplo um jogador ganha horrores enquanto um trabalhador ganha uma micharia mesmo trabalhando de domingo a domingo euma vergonha e quando ocorre essas greves que perde sempre e a população acho que uma medida simples seria sem prejudicar a população era só deixar os passageiros embarcarem pela porta dianteira, com isso ganhariam o apoio do povo e no primeiro dia o empresarios cediariam.

  7. Ivanildo Bento disse:

    Empresa de ônibus não poderá manter motorista trabalhando também como cobrador
    icon Imprimir Empresa de ônibus não poderá manter motorista trabalhando também como cobrador
    icon Coverter Empresa de ônibus não poderá manter motorista trabalhando também como cobrador para PDF
    (Qua, 11 Jul 2012 13:37:00)

    A Sexta Turma do Tribunal Superior do Trabalho confirmou decisão da Justiça do Trabalho da 3ª Região (MG) que proibiu a Vianel Transporte Ltda., de Belo Horizonte, de utilizar seus motoristas também como cobradores de ônibus. A decisão se deu em recurso de revista da empresa em ação civil pública ajuizada pelo Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Transporte de Passageiros Urbanos, Semi-urbanos, Metropolitano, Rodoviário, Intermunicipal, Interestadual, Internacional, Fretamento, Turismo e Escolar de Belo Horizonte e Região Metropolitana – STTRBH.

    Segundo o sindicato, os profissionais da área de transporte coletivo de passageiros reconhecidamente trabalham em circunstâncias difíceis, seja em razão do caos no trânsito das grandes cidades, seja em decorrência da responsabilidade de transportar vidas. Desse modo, seria equivocado se exigir do profissional que, além de dirigir com atenção, realizasse a tarefa de cobrança de passagens e devolução de troco aos passageiros.

    A sentença favorável ao sindicato proferida pela 18ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte, foi mantida pelo Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região. O TRT ressaltou, como fundamentos contrários à possibilidade de acumulação de tarefas, a própria situação do país, “em que cumprimento de horários não tem sido uma tônica das empresas de transporte”, somado ao desgaste da direção no trânsito reconhecidamente caótico de regiões metropolitanas, que flui por vias e rodovias sofríveis. Para o Regional, a medida exigiria um estudo aprofundado sobre as consequências que a acumulação poderia ter sobre a saúde do trabalhador e, ainda, sobre seus efeitos na segurança dos passageiros. O adicional pela segunda função exercida não foi concedido.

    Inconformada com o resultado, a empresa recorreu ao TST afirmando, em síntese, que não existe norma legal que proíba a acumulação de tarefas. A relatora, ministra Kátia Magalhães Arruda, destacou que o recurso de revista, em razão de sua natureza extraordinária, não permite a revisão das provas (Súmula nº 126 do TST). Desse modo, a análise fica limitada aos fatos descritos pelo Tribunal de origem. No caso específico, o TRT-MG registrou a incompatibilidade do exercício concomitante da função de motorista com a de cobrador.

    Durante a sessão de julgamento, a ministra fez questão de destacar julgados do TST que autorizam o exercício duplo das funções. Contudo, as circunstâncias próprias desse caso não permitiram a reavaliação dos fatos. O recurso, por maioria (vencido o ministro Aloysio Corrêa da Veiga), não foi conhecido por força da Súmula nº 126.

  8. gabriel disse:

    gostaria que a empresa viametro de linhas metropolitana que avizasse na prossima vez a aumenta da tarifa de2;50por2;70e pessoas que fazem cursos quase nunca anda com muito dinheiro para ñ ser roubado

  9. gabriel disse:

    e que as empresas como a via urbana tivesse postado mais onibus no dia da inauguração do centros de eventos porque eu fiquei até de manha para conseguir subir no onibus

  10. gabriel disse:

    e que a viametro postasse a rota certa porque diz no site que depois da24de maio entrava em outra rua mais naverdade ñ entra depois da 24de maio ele entra na av.imperador

  11. gabriel disse:

    gostaria tb que os onibus da empresa parasse nas paradas pq eu peguo onibus na domingos olinpios e passou dois onibus para o acaracuzinho e ñ parou voces desse jeito vai perder tantos passageiros se-continuar.gostaria de melhoras

  12. tuga disse:

    colegas do Brasil eu sou motorista em Portugal na empresa Barraqueiro que investiu capital no Brasil cerca de 100 mil milhoes de euros acho que na empresa vega. façam greve sim exijam vossos direitos. e quanto a barraqueiro que se cuidem pois são uns grandes xulos, roubam os seus funcionarios até mais não. força camaradas!!!!!!!!!

  13. Lineker disse:

    Minha nossa, como é que pode algumas pessoas falarem tanta merda? pqp uma diz que é um absurdo um motorista ganhar 1,200 reais e uma pessoa que estudou 4 anos não ganhar isso? rsrs é brincadeira né? minha filha, em São paulo o motorista ganha 5 salarios, aki no RJ ainda está 1,700.. Menina se liga faça uma faculdade que vc possa ganhar bem pow.. seja uma grande advogada, juiza, etc…. Nós motorista merecemos ganhar muito bem, porq não é mole não aturar passageiros arrogantes, ingnorantes que não dão um bom dia, um boa tarde nem uma boa noite… pessoas que entrão em nosso ônibus e nem olham para nossa cara…. ficaadica..

  14. eduarda samia disse:

    No dia que teve greve o meu noivo ligou para min dizendo que onibus tava paralizado e eu concordei com eles

  15. michael disse:

    seria bom se eles fizessem uma paralização pelo menos de um mês, pra eles aprender a valorizar um trabalhador , que vive correndo risco de vida pra dar vida boa pra eles.

Deixe uma resposta