Greve de ônibus em Fortaleza é suspensa

greve fortaleza

Ônibus em Fortaleza devem circular normalmente na manhã e em parte da tarde desta terça-feira. Após nova proposta das empresas, sindicato dos trabalhadores decidiu adiar greve prevista para começar na madrugada. Assembléia na tarde deve decidir se categoria aceita o que foi oferecido pelas empresas e descartar ou não definitivamente a greve. Cidadão pode ter ônibus na ida, mas pode não ter na volta.

Greve em Fortaleza está descartada para manhã e tarde
Empresas de ônibus aumentaram proposta de reajuste salarial para 8,5%. Assembléia vai ser realizada na tarde desta terça-feira

ADAMO BAZANI – CBN

A greve de ônibus em Fortaleza que estava prevista para começar na madrugada desta terça-feira, dia 19 de junho de 2012, foi momentaneamente descartada pela categoria.
Assim, pelo menos durante a madrugada, manhã e boa parte da tarde desta terça-feira, o funcionamento das 251 linhas de ônibus de Fortaleza, que atendem a cerca de um milhão de pessoas, deve ser normal.
Em reunião intermediada pela Superintendência Regional do Trabalho – STR, Sindiônibus – Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Ceará, que representa as viações, e o Sintro – CE – Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado de Ceará discutiram novas propostas que podem descartar definitivamente a greve.
Os ônibus funcionam normalmente na manhã e parte da tarde, mas por volta das 16 horas, motoristas e cobradores devem concluir uma Assembléia para discutirem se aceitam ou não o que foi oferecido pelos empresários no encontro desta segunda-feira.
As empresas de ônibus oferecerem aumento salarial de 8,5%, aumento na folha do vale refeição de R$ 7,00 para R$ 8,00 e da cesta básica mensal de R$ 60 para R$ 70.
O fim da dupla função, que consiste em o motorista dirigir e cobrar ao mesmo tempo, não foi discutida.
As empresas também analisam a proposta de dispensar cobradores por 90 dias das linhas que foram assaltadas.
Inicialmente, os trabalhadores pediam aumento de 25%, reivindicação salarial que foi reduzida para 15% pelo sindicato dos motoristas e cobradores de ônibus.
Eles também reivindicavam cesta básica de R$ 80,00 e aumento no valor do tíquete refeição de R$ 7,00 para R$ 12,00.
Quem depende de ônibus em Fortaleza deve estar atento, pois haverá ônibus para ida ao trabalho e escola, mas para a volta ainda não há certeza.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

3 comentários em Greve de ônibus em Fortaleza é suspensa

  1. Victor Mapurunga // 19 de junho de 2012 às 19:23 // Responder

    sou contra a greve dos motoristas e cobradores de onibus, pois, existem inumeras profissãoes de risco altamente superior a dirigir ou contar moedas, tais não possuem as mesmas incontáveis paralisações e reenvindicações como os ditos cujos em questão, ser cobrador ou motorista não é nada demais para se achar no direito de ferrar com a vida do usário de transporte coletivo. Sejam mais francos com os passageiros, sejam mais inteligentes em encontrar uma melhor forma de lutar por suas causas, estam colocando a população contra vocês mesmos… é por isso que a classe de vocês é tão odiada e desrespeitada pelo povo, principalmente pelos motoristas de carro e moto, os quais vocês cortam e fecham todos os dias nos cruzamentos da cidade. Victor Mapurunga

  2. GREVE DE ÔNIBUS EM FORTALEZA CONFIRMADA PARA ESTA QUARTA-FEIRA
    http://blogpontodeonibus.wordpress.com/2012/06/19/greve-de-onibus-em-fortaleza-nesta-quarta-feira/
    OU CLIQUE SOBRE A PÁGINA PRINCIPAL DO BLOG, ACIMA DA FOTO SUPERIOR COM UM ÔNIBUS BRANCO E VERMELHO 464 – EPT

  3. Devemos observar que os trasportes alternativos devem funcionar em momentos como este.

1 Trackback / Pingback

  1. GREVE DE ÔNIBUS EM FORTALEZA: Sindicatos ainda tentam evitar | Blog Ponto de Ônibus

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: