MARCOPOLO DESTRÓI GERAÇÃO SETE E MOSTRA NOVO DD

Marcopolo destrói G 7 e revela nova Geração do DD
Estes são alguns dos pontos interessantes do novo vídeo institucional da encarroçadora

ADAMO – CBN

Bem timidamente, um dos modelos de ônibus rodoviários mais esperados do ano, o Double Decker (de dois andares) da Geração Sete da Marcopolo é mostrado em trechos do novo vídeo institucional da encarroçadora, divulgado nesta quarta-feira, dia 23 de março de 2011.
Com o tema principal “De pessoas para Pessoas”, a peça publicitária mostra partes da linha de produção dos ônibus, sem comprometer possíveis segredos industriais, e departamentos internos das unidades da empresa.
Na linha de montagem, destaque para uma peça quase inteira da parte do teto do ônibus sendo movida por um enorme guindaste para a fabricação de um modelo rodoviário.
Mesmo tentando passar a imagem de privilégio ao ser humano, a Marcopolo não deixa de mostrar que é uma grande empresa e que não mede esforços para ampliar mercados no mundo.
São citados os países onde a atuação da Marcopolo é mais intensa e aparecem imagens internacionais, como do famoso Transmilênio, da Colômbia. O Transmilênio é considerado um dos mais eficientes e financeiramente interessantes modelos de transportes. Consiste num sistema de corredor de ônibus de grande e média capacidade que é um dos exemplos de como mudar a mobilidade de uma cidade sem grandes promessas ou obras faraônicas. Sua implementação privilegiou o transporte público sobre individual. Exigiu coragem de Enrique Peñalosa, prefeito de Bogotá em 1998, que contrariou a classe que relutava em deixar o transporte individual. Mas ele não ficou só em punir o carro, mas ofereceu também uma alternativa de qualidade.
No vídeo também os entusiastas e interessados pela indústria de veículos podem ver um teste de segurança da Marcopolo, no qual um ônibus da Geração Sete, novíssimo, de alto valor, é tombado, ficando bastante danificado.
Cenas de micro-ônibus e da fabricação do Torino, modelo urbano, na planta da Ciferal, podem ser conferidas também na filmagem.
Adamo Bazani, jornalista