Protestos de caminhoneiros apoiadores de Bolsonaro na Rodovia Régis Bittencourt paralisam linhas da EMTU na tarde desta segunda (31)

Estrada tem 16 quilômetros de congestionamento

ARTHUR FERRARI

A EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo) anunciou na tarde desta segunda-feira, 31 de outubro de 2022, que está paralisando oito linhas de Ônibus intermunicipais que utilizam a Rodovia Régis Bittencourt, próximo a Embu das Artes, e que uma opera com atrasos.

As alterações acontecem em razão de protestos de caminhoneiros apoiadores de Jair Bolsonaro que paralisam estradas de São Paulo em descontentamento com a eleição de Luiz Inácio Lula da Silva e a derrota nas urnas do atual presidente, não conseguindo se reeleger.

Confira as alterações:

Linha operando com atrasos:

002 – Embu das Artes (Engenho Velho) / São Paulo (Metrô Capão Redondo)

 

Linhas paralisadas:

030 – Juquitiba (Barnabes) / Itapecerica da Serra (Valo Velho)

030BI1 – Juquitiba (Bairro dos Justinos) / Itapecerica da Serra (Valo Velho)

032 – Itapecerica da Serra (Parque Paraíso) / São Paulo (Metrô Vila Sônia)

033 – Embu das Artes (Engenho Velho) / São Paulo (Metrô Vila Sônia)

056 – Embu das Artes (Centro) / São Paulo (Metrô Campo Limpo)

511 – Embu das Artes (Jardim Santo Antônio) / São Paulo (Metrô Vila Sônia)

239 – Itapecerica da Serra (Jardim São Marcos) / Cotia (Terminal Metropolitano Cotia)

808 – Juquitiba (Fazenda Sama) / Itapecerica da Serra (Valo Velho)

Arthur Ferrari, para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Informe Publicitário
   
Assine
     
Comentários

Comentários

  1. Felipe disse:

    Baderneiros, só atrapalhando a vida dos que precisam se deslocar! CADEIA neles!

    Protesto só é legítimo, quando existe causa! Reivindicar resultado de eleições é coisa de adulto que nunca apanhou e cresceu mimado.

Deixe uma resposta