Eletromobilidade

Eletra apresenta ônibus elétricos nesta sexta (30) em Salvador e vai lançar mais três modelos neste ano

Até o final de outubro, fabricante lançará o E-bus 21,5 m articulado, em novembro o E-bus 12,8 m Padron e em dezembro o E-bus 10 m

ADAMO BAZANI

A fabricante de tecnologia de integração para ônibus elétricos Eletra, de São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, anunciou que entrega de forma oficial nesta sexta-feira, 30 de setembro de 2022, a primeira unidade dos oito ônibus comprados para operar o BRT de Salvador.

A apresentação será feita pela Secretaria de Transportes da Prefeitura.

Segundo a empresa, o veículo é o E-bus Eletra de 12,5m, com carroceria Caio, chassi Mercedes-Benz e motor elétrico, inversor e bateria da WEG.

A fabricante ainda diz que é a primeira unidade de uma frota de oito ônibus elétricos Eletra contratada pela prefeitura.

Como mostrou o Diário do Transporte, na terça-feira (27), a companhia entregou a primeira de quatro unidades do modelo para o sistema Transcol, da Grande Vitória (ES).

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2022/09/27/grande-vitoria-es-recebe-onibus-eletricos-para-o-sistema-transcol-da-eletra-mercedes-benz/

A presidente da fabricante, Milena Romano, disse que a Eletra tem a meta de se tornar a maior fornecedora de tecnologia para ônibus elétricos do País

“O E-bus Eletra foi inteiramente fabricado no Brasil, com componentes produzidos por indústrias brasileiras e empresas instaladas aqui no País A meta da Eletra é ser a maior montadora brasileira de veículos elétricos para transporte público e de carga, com tecnologia inteiramente nacional. O veículo que estamos entregando agora em Salvador é o resultado desse esforço”.”

A diretora da empresa, Iêda de Oliveira, afirmou que os modelos foram criados para diferentes tipos de operação.

 “É um ônibus elétrico concebido para rodar em qualquer ambiente urbano, desde linhas troncais e corredores centrais até alimentadoras, com perfil e topografia voltados para regiões periféricas de nossas cidades”.

NOVOS MODELOS:

Na mesma nota, a fabricante diz que já lançou dois modelos dos cinco previstos para este ano.

Em agosto de 2022, foram apresentados os ônibus de 12,5 m e de 15 m. Até o final de outubro, fabricante lançará o E-bus 21,5 m articulado, em novembro o E-bus 12,8 m Padron e em dezembro o E-bus 10 m

O E-bus 12,5m  foi lançado oficialmente em agosto na Lat.Bus 2022, a maior feira de transporte público da América Latina, realizada em São Paulo.
No mesmo evento, a Eletra lançou outro modelo, o E-bus 15m, com carroceria Caio, chassi Scania e motor elétrico, inversor e bateria WEG.
Até o final de outubro, a Eletra lançará o E-bus 21,5m articulado, em novembro o E-bus 12,8m Padron e em dezembro o E-bus 10m.
Todos esses modelos serão equipados com chassi Mercedes-Benz, carroceria Caio e motor elétrico, inversor e baterias WEG.

PLANTA E HISTÓRIA:

A Eletra trouxe detalhes da planta recentemente inaugurada ainda em 2022 na rodovia Anchieta, em São Bernardo do Campo, e uma linha do tempo desde o início das atividades.

A Eletra fabrica ônibus elétrico, ônibus elétricos híbridos e trólebus desde 1999, em São Bernardo do Campo, na região do ABC paulista.

É a principal fabricante da América Latina, responsável por cerca de 300 dos 371 ônibus elétricos que circulam hoje no Brasil.

A Eletra mudou-se recentemente para um novo prédio de 27 mil m² na Via Anchieta (SP), onde produzirá até 1.800 ônibus elétricos por ano, a partir do início de 2023, podendo ampliar essa capacidade em 50%, conforme a demanda.

A ampliação das instalações faz parte de um plano de investimentos cujo objetivo é posicionar a empresa como a principal indústria nacional de veículos elétricos pesados

Conheça alguns dos principais momentos da história da Eletra:

  • 1999: produz o primeiro ônibus elétrico híbrido articulado do Brasil;
  • 2001: primeiro Padron elétrico híbrido;
  • 2002: primeiro trólebus;
  • 2003: finalista do The World Technology Awards 2003 (São Francisco-EUA);
  • 2013: primeiro ônibus 100% elétrico articulado fabricado no Brasil;
  • 2015: primeiro retrofit de caminhão diesel para elétrico;
  • 2017: monta os protótipos do e-Delivery, o caminhão elétrico da Volkswagen;
  • 2017: lança o Dual-Bus 13,8m– veículo que pode rodar como híbrido e trólebus ou como híbrido e elétrico puro;
  • 2019: lança o Dual Bus 15m;
  • 2021: fabrica o primeiro carro-forte 100% elétrico no mundo, com a Protege;
  • 2022: lança cinco novos E-bus 100% elétricos e inaugura nova planta na rodovia Anchieta em São Bernardo do Campo.

PARCERIAS
Os ônibus elétricos da Eletra se destacam também pela qualidade de suas parcerias, que incluem os principais fabricantes do mercado brasileiro de transporte público.
A Mercedes-Benz de São Bernardo do Campo (SP), fabricante do chassi de quatro dos cinco E-bus lançados este ano, já equipou 140 ônibus elétricos e híbridos Eletra.
Outra parceria tradicional é com a Caio, fabricante nacional de carrocerias, que já montou mais de 200 ônibus com tração elétrica da Eletra.
Já as baterias elétricas são produzidas com tecnologia inteiramente nacional pela WEG, outra aliada estratégica da Eletra em eletromobilidade.
A WEG é uma empresa brasileira com sede em Jaraguá do Sul (SC) e líder global em motores e inversores elétricos.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Informe Publicitário
   
Assine
     
Comentários

Comentários

  1. Carlos eduardo da Silva santana disse:

    Eu gostaria de está nessa empresa

Deixe uma resposta