ANTT suspende venda de passagens da Verde Transportes

Agência inicia processo para cassação do Termo de Autorização (TAR) da transportadora do Mato Grosso

ALEXANDRE PELEGI

Apenas uma decisão da Superintendente de Serviços de Transporte Rodoviário de Passageiros da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) foi publicada nesta sexta-feira, 22 de julho de 2022.

A Decisão Supas nº 667 suspende a comercialização de bilhetes da Verde Transportes, empresa de ônibus sediada no estado do Mato Grosso.

Detentora da Licença Operacional – LOP nº 10, a Superintendência informa que iniciará a instrução processual para a cassação do Termo de Autorização – TAR de nº 118 da empresa após 30 dias úteis a contar da publicação desta Decisão.

A paralisação dos mercados autorizados à empresa no sistema da SUPAS se dará em ato contínuo à cassação do TAR”, completa a Decisão assinada por Marina Soares Almeida, atual superintendente.

Como mostrou o Diário do Transporte em junho deste ano, a Verde Transportes precisou recorrer de uma decisão judicial que determinara a apreensão de 25 ônibus da empresa.

A decisão foi concedida em favor da empresa Vamos Locação de Caminhões, Máquinas e Equipamentos S/A., que declarava que a Verde havia atrasado o pagamento de parcelas referentes aos aluguéis destes ônibus.

A empresa recorreu e o desembargador-relator Andrade Neto, da 30ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo, suspendeu a busca e apreensão dos ônibus da companhia.

Em sua decisão, expedida em 07 de junho de 2022, o magistrado acatou a argumentação de que a Verde é operadora de linhas intermunicipais e que está em recuperação judicial, sendo que a apreensão poderia prejudicar o plano aprovado pelos credores. Relembre: Justiça suspende a apreensão de 25 ônibus da Verde Transportes

Print D.O.U. de 22/07/2022

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Geiza disse:

    Olá boa tarde quero saber como vai ficar a situação das pessoas que moram ou que tem familiares em Aracatiaçu que necessita de fazer o percurso a Fortaleza a Aracatiaçu que tiram a impresa que fazia a rota taperuaba a sobral estamos esperando alguma resposta e ninguém se manifesta qual o motivo aqui também tem moradores apesar de ser uma zona rural mas somos pessoas Sim

Deixe uma resposta