No terceiro problema com a ViaMoblidade numa só manhã, defeitos em catracas causam transtornos aos passageiros da Linha 9-Esmeralda na estação Grajaú

Passageiros estão enfrentando mais filas para embarcar e aglomeração nos acessos; de novo não houve comunicado aos usuários

ADAMO BAZANI/WILLIAN MOREIRA

Mais um problema na ViaMobilidade afetou a vida do passageiro na manhã desta quinta-feira 07 de julho de 2022. Desta vez na estação Grajaú da Lina 9-Esmeralda.

Nas redes sociais, pessoas se queixam de grandes filas e dificuldades para embarcar. É o terceiro problema que afetou os deslocamentos dos usuários e que a ViaMobilidade não comunicou em aplicativo e site oficiais, confundindo quem depende dos serviços da concessionária dos grupos CCR e Ruas.

Segundo a concessionária para o Diário do Transporte por meio de nota, dois bloqueios da entrada estão com problemas e técnicos atuam no local para resolver o problema. Enquanto a solução não chega, as escadas rolantes foram desligadas por medida de segurança.

Leia a seguir a informação da ViaMobilidade na íntegra.

“Devido a um problema em dois bloqueios (catracas) na Estação Grajaú da Linha 9-Esmeralda as escadas rolantes foram desligadas para controle de fluxo e segurança dos passageiros. Técnicos estão atuando para normalizar a situação o mais breve possível.”

Logo cedo, bem no início das operações, por cerca de duas horas, os trens da linha 8-Diamante seguiram com velocidade reduzida na região da estação Itapevi por causa de furto de cabos.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2022/07/07/trecho-da-linha-8-diamante-opera-com-velocidade-reduzida-na-manha-desta-quinta-07-e-viamobilidade-nao-informa-aos-passageiros/

De 6h55 a 7h que somente um trem operou com velocidade reduzida. A ViaMobilidade classificou o problema como pontual, mas houve reclamações em redes sociais.

Como os trens operam num sistema de “carrossel”, se um deles falha, os demais são afetados.

De novo, o passageiro não foi avisado.

O Metrô de São Paulo avisa quando há falha em trem que demora cinco minutos ou mais, por exemplo.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Willian Moreira para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. carlos souza disse:

    Cassa logo a concessão e decreta a falência e confisca tudo,licita e entrega pra outra empresa ou até estatiza,oras.Phyodhy@ssy.

  2. Luis disse:

    Uma vergonha essa empresa
    De mobilidade eles não entendem.

  3. Vanderlei Lino da Silva disse:

    Gostaria de lançar um desafio para o CEO da Via Mobilidade e o atual Governador, andarem por 15 dias na linha 09 Esmeralda, nos horários de maiores movimentações.
    Vejo que somente desta forma conseguiram entender o que a população está passando.

    É uma vergonha e um descaso imenso!

Deixe uma resposta