Parte da frota da Otrantur em São Vicente (SP) volta a circular em cumprimento à decisão do TRT neste domingo (03)

Trabalhadores estão em greve; companhia foi descredenciada do sistema, mas fica até 30 de julho

ADAMO BAZANI

Parte da frota de ônibus da Otrantur, em São Vicente, no litoral paulista, voltou a operar neste domingo, 03 de julho de 2022, em cumprimento à decisão do TRT (Tribunal Regional do Trabalho).

Os motoristas e demais funcionários da empresa iniciaram mais uma greve na sexta-feira (1º) por atrasos nos pagamentos de salários e benefícios; é quarta greve neste ano pelos mesmos motivos.

O TRT determinou 70% da frota nos horários de pico (das 6h às 9h e das 16h às 19h) e 50% nos demais horários.

Em torno de 15 ônibus devem operar já que antes da greve a frota já era reduzida pela quantidade de 40 folgas diárias que a empresa dava aos trabalhadores, de acordo com o sindicato da categoria.

Como mostrou o Diário do Transporte, a prefeitura na sexta-feira (1º) rompeu o contrato com a Otrantur, que deve ficar no município até o dia 30 de julho, de acordo com o decreto municipal.

A empresa tenta reverter; diz que busca o diálogo e que por causa da falta de ação do poder público, o sistema de transportes está em colapso financeiro.

A companhia tem aproximadamente 220 funcionários.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2022/07/01/prefeito-de-sao-vicente-anuncia-rompimento-de-contrato-com-a-otrantur-veja-o-decreto-na-integra/

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta