ENTREVISTA: Grande Recife vai receber 270 ônibus 0 km Mercedes-Benz para os transportes municipais e metropolitano

Maior parte da frota é formada pelo modelo OF 1721, que recebem carroceria Marcopolo; Também há 30 ônibus “Super Padron” de 14 metros

ADAMO BAZANI

OUÇA AQUI:

O passageiro dos sistemas de transportes em Recife, Olinda e Jaboatão dos Guararapes, em Pernambuco, vai contar com 270 ônibus zero quilômetro da marca Mercedes-Benz, sendo que as primeiras unidades já foram entregues.

A maior parte desta frota, 170 ônibus, foi comprada pelo Grupo Paulo Chaves, sendo 85 para a empresa Caxangá e 85 para a Metropolitana.

A informação é do diretor de Vendas e Marketing Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil, Walter Barbosa, em entrevista ao Diário do Transporte nesta sexta-feira, 24 de junho de 2022.

A nova frota é para linhas municipais e metropolitanas.

Todos os 170 ônibus para o Grupo Paulo Chaves são do modelo OF 1721, da Mercedes-Benz, com carroceria Marcopolo modelo Torino.

A comercialização ocorreu pela Rodobens Veículos Comerciais, concessionário Mercedes-Benz de Jaboatão dos Guararapes.

Com 45 anos de atuação, o Grupo Paulo Chaves nos últimos dez anos passou a ter apenas ônibus da Mercedes-Benz. Somente na Grande Recife, são aproximadamente 700 veículos, sendo 380 da Caxangá e 320 da Metropolitana.

Na Grande Natal, em Rio Grande do Norte, o mesmo grupo possui 200 ônibus com a empresa Transportes Guanabara.

As demais empresas que adquiriram frota nova na Grande Recife são a Viação Mirim, Transporte Globo, Borborema Imperial e MobiBrasil.

Para estas companhias, a maioria dos ônibus também será de chassis OF 1721, mas há dentro deste total de 270 ônibus Mercedes-Benz, também 30 unidades do “Super Padron” O 500 R, de 14 metros de comprimento, dois eixos, motor traseiro e capacidade para cerca de 100 passageiros cada, dependendo da configuração interna.

Todos os ônibus, tanto de motor dianteiro como traseiro, são dotados de ar-condicionado.

Walter Barbosa acredita que todos os 270 ônibus estejam circulando até novembro.

Segundo o executivo, a crise de falta de componentes eletrônicos que afeta a indústria em todo o mundo atrasou as entregas para a Grande Recife.

“Dado ao cenário global de falta de componentes eletrônicos, houve um atraso. Estes veículos deveriam estar operando em março, mas tivemos de fracionar estas entregas até o próximo mês [julho]. Me refiro aos chassis, mas ainda tem o processo de encarroçamento. A perspectiva é que todos ônibus estejam circulando entre setembro e novembro” – disse.

Confira as características do modelo OF 1721, que responde pela maior parte dos ônibus para a Grande Recife.

OF 1721

Aplicação: Urbano, metropolitano, fretamento e rodoviário de curta distância

Suspensão: Metálica ou Pneumática

Carroceria: Pode receber carrocerias de até 13,2 m

Motorização: Motor eletrônico OM-924 LA de 4 cilindros, de 208 cv a 2.200 rpm e torque de 780 Nm de 1.200 a 1.600 rpm.

Freios: Freio-motor Top Brake, sistema de freio ABS

Transmissão: Caixa de mudanças G 85 de 6 marchas com radiador de óleo

Itens de destaque: Polia adicional para ar-condicionado e conexão para extração de dados de telemetria (FMS).

Opcionais destacados: Tacógrafo digital, retarder (para versão pneumática) e limitador de velocidade.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Jarbas Ferreira Sobral junior disse:

    Esses onibis 14 metros 0-500 da mobi são marcopolo ou caio?

Deixe uma resposta