Diário no Sul

Tarifa de ônibus de Santa Maria (RS) cai para R$ 4,50 para usuários de cartão

Novidade entra em vigor a partir da meia-noite de sexta-feira (17). Foto: Divulgação.

Segundo a Prefeitura, subsídio será de R$ 6,24 milhões

JESSICA MARQUES

A tarifa do transporte coletivo de Santa Maria (RS) vai cair para R$ 4,50 para quem utiliza o Cartão Vale-Transporte e o Cartão Cidadão.

Atualmente, o valor é de R$ 4,85.

Segundo a Prefeitura, o novo valor entra em vigor a partir da meia-noite de sexta-feira, 17 de junho de 2022.

Nesta quinta-feira (16), o preço é R$ 4, por conta do feriado. Para quem paga em dinheiro, o valor segue em R$ 5.

SUBSÍDIO

Em nota, a Prefeitura falou que a medida será possível devido a um subsídio no valor total de R$ 6,24 milhões. Os recursos são oriundos de superavit financeiro da Prefeitura relativo a 2021.

Na prática, a redução no preço da passagem de ônibus foi viabilizada com dois projetos de lei enviados pela Prefeitura para a Câmara de Vereadores.

Um deles solicita a abertura de crédito, e outro autoriza a concessão do subsídio para o Consórcio Sistema Integrado Municipal.

Após aprovação do Legislativo, ambas as leis foram sancionadas pelo prefeito Jorge Pozzobom na manhã desta quarta(15), em seu gabinete no Centro Administrativo Municipal, no Bairro Centro, durante encontro com vereadores e o representante do Consórcio SIM, Edmilson Gabardo.

“Ainda estamos em um momento de muita dificuldade. A aprovação desse subsídio é uma demonstração de maturidade da Prefeitura e da Câmara de Vereadores em mais uma construção coletiva que beneficia a população. Depois da pandemia, temos uma nova realidade no transporte coletivo, que precisa ser enfrentada com responsabilidade”, afirmou, na ocasião, o prefeito Jorge Pozzobom.

TARIFA TÉCNICA

Em nota, a Prefeitura ressalta que esta é a primeira vez na história que Santa Maria vai subsidiar a tarifa do transporte coletivo.

Conforme o cálculo mais recente da Secretaria de Mobilidade Urbana levado ao Conselho Municipal de Transportes, o custo técnico da passagem está em R$ 5,34.

Portanto, a Prefeitura paga R$ 0,84 para os usuários, que não arcam com o valor total. A estimativa da Secretaria de Mobilidade Urbana é que a medida impacte ao menos em 78% dos passageiros – essa é a porcentagem de usuários que utilizaram cartões em maio.

“Os valores serão aportados mensalmente, conforme a quantidade de passageiros transportados e a necessidade de reequilíbrio financeiro do sistema. É um momento histórico. Estamos tirando o peso do trabalhador. Não é um dinheiro para as empresas, é para o trabalhador, enquanto encaminhamos outros avanços, como o processo licitatório, que é prioridade do governo”, explicou o secretário de Mobilidade Urbana, Orion Ponsi.

PREÇO ESPECIAL 

Aos domingos e feriados, a população de Santa Maria paga um valor ainda menor: R$ 4.

Implementada em julho de 2021, a diferenciação é uma forma que a Prefeitura encontrou para incentivar a população a utilizar os ônibus e auxiliar na recuperação financeira do sistema, duramente afetado durante a pandemia.

Os idosos a partir de 65 anos têm gratuidade em qualquer horário desde abril. Já o transporte seletivo, os populares “azuizinhos”, tem tarifa a R$ 6,50.

MEIA PASSAGEM E PASSAGEM INTEGRADA

O valor da passagem para quem utiliza o Cartão de Estudante, o Cartão Operário e a passagem integrada – segundo ônibus no intervalo de uma hora – segue em R$ 2,50.

TARIFA DO TRANSPORTE COLETIVO 

  • Para quem utiliza os cartões Vale-Transporte e Cartão Cidadão* – R$ 4,50
  • Para quem paga em dinheiro – R$ 5
  • Para quem utiliza os cartões Estudante e Operário e quem paga passagem integrada* – R$ 2,50
  • Aos domingos e feriados – R$ 4
  • Transporte seletivo – R$ 6,50
  • Idosos a partir de 65 anos – Gratuidade

*A recarga dos cartões pode ser feita via PIX. Saiba mais aqui 

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta