Onze linhas de ônibus voltam a operar na cidade do Rio de Janeiro no primeiro dia do acordo judicial

Quatro consórcios terão que restabelecer os serviços prioritários em até sete meses, segundo a Prefeitura

JESSICA MARQUES

A Prefeitura do Rio de Janeiro informou, em nota, que 11 linhas de ônibus voltam a operar na cidade no primeiro dia do acordo judicial, que entra em vigor nesta quarta-feira, dia 1º de junho de 2022.

Quatro consórcios terão que restabelecer os serviços prioritários em até sete meses, segundo a Prefeitura.

O acordo judicial foi firmado entre a Prefeitura do Rio, os consórcios de ônibus e o Ministério Público Estadual.

Com isso, a Secretaria Municipal de Transportes estabeleceu um plano operacional para regularizar de forma gradual o retorno de linhas prioritárias.

Assim, nesta primeira semana, a Prefeitura do Rio determinou o retorno das seguintes linhas:

Consórcio Santa Cruz

• 870 – Sepetiba – Santa Cruz
• 871 – Pingo d`Água – Estação Cesarão III (Via Sepetiba)
• 822 – Campo Grande – Corcundinha
• 849 – Campo Grande – Base Aérea de Santa Cruz
• 845 – Cantagalo – Campo Grande

Consórcio Internorte

• 922 – Tubiacanga – Fundão (Via Portuguesa)
• 925 – Rio Galeão – Bancários
• 778 – Pavuna – Cascadura (Via Estrada de Botafogo)

Consórcio Transcarioca

• 881 – Alvorada – Taquara (Via Curicica e Camorim)

Consórcio Intersul

• 014 – Paula Matos – Castelo
• 104 – São Conrado – Rodoviária

Conforme foi estabelecido no acordo judicial, além da receita da tarifa paga pelos passageiros de R$ 4,05, os consórcios irão receber um valor adicional pelo serviço efetivamente prestado com base no quilômetro rodado.

A Prefeitura informou que vai atestar a quilometragem rodada por meio de GPS. Desta forma, as linhas que não cumprirem a quilometragem mínima exigida não receberão o pagamento de subsídio.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Rogerio disse:

    E o 434? Não vai voltar? Uma linha tão importante e clássica no Rio de Janeiro. Os usuários precisam dar.uma volta enorme para fazer o trajeto. Retornem por favor…

  2. Leleskick disse:

    Faltou o 872 Cesarão x Sepetiba esse faz muita falta. Para os moradores que tem familiares no Cesária e Sepetiba.

  3. Andréa Nunes de Souza disse:

    Gostaria que voltace as linhas 781 / 782 / 709 / 349 814 saindo de Jardim América.

  4. Larissa disse:

    209 – caju x Estácio está fazendo falta, não tem ônibus que passe por São Cristóvão(Colegio pedro II) que vá para o Estácio

  5. Antônio Lira Martins disse:

    Cadê a linha 434 Grajaú – Leblon? Acabou de vez? Vamos nos unir pessoal do Grajaú para termos de volta as linhas 434, 435, 226 e tbm que a linha 608 funcione nos sábados e feriados! Estamos sem opção aqui no bairro!

  6. Savio do Nascimento disse:

    780 Madureira Benfica faz uma falta porquê num percurso que eu fazia entre 40 a 50 minutos hj demora entorno de uma hora e meia a quase duas pq tenho q pega outro que demora uma vida isso e um absurdo eu pago duas passagens e ainda demoro muito a chegar e alegando que foi o brt que nem passa lá e nem próximo isso é um absurdo ninguém aguenta mas isso

  7. FABIO VITOR disse:

    GOSTARIA DE SABER SE AS LINHAS 773.669.781.678.676.928.277.701.QUANDO VAI VOLTAR ESSAS LINHAS PRIORITARIAS

  8. Maria Aparecida Florêncio da Silva disse:

    739 nem no meu sonho né? Poxa vida!!! Tenho gasto de 200 reais por conta desse ônibus. Vamos pensar um pouquinho nos outros.

Deixe uma resposta