CPTM abre licitação para exploração de áreas comerciais nas linhas 10, 11, 12 e 13

A estação Aeroporto-Guarulhos tem área total para exploração comercial de 883,27m². Foto: Reprodução Google Maps

São quase 43 mil m² para concessão; somente a linha 11-Coral tem 35 mil m² para estacionamento

ALEXANDRE PELEGI

A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) abriu nesta sexta-feira, 27 de maio de 2022, licitação para instalação de áreas comerciais em quatro linhas.

Distribuídos em quase 40 estações, os espaços disponíveis poderão ser utilizados por 3 anos para a instalação de lojas, quiosques e balcões de tamanhos diversos.

As linhas com espaços disponíveis são a 10-Turquesa; 11-Coral; 12-Safira e 13-Jade.

A Sessão Pública para a apresentação das propostas será realizada no dia 19 de julho de 2022.

No total são quase 43 mil m² de áreas disponíveis.

A linha 11-Coral tem a maior parte, com mais de 39 mil m², graças a área destinada para estacionamento, com 35,6 mil m².

Veja abaixo a relação dos espaços comerciais disponíveis, distribuídos por linhas:

Linha 10-Turquesa (12 estações): Capuava, Guapituba, Ipiranga, Juventus-Mooca, Mauá, Pref. Celso Daniel-Santo André, Pref. Saladino, Ribeirão Pires-Antônio Bespalec, Rio Grande da Serra, São Caetano do Sul-Pref. Walter Braido, Tamanduateí e Utinga.

Linha 11-Coral (13 estações): Antonio Gianetti Neto, Arthur Alvin, Braz Cubas, Corinthians-Itaquera, Dom Bosco, Estudantes, Ferraz de Vasconcelos, Guaianases, José Bonifácio, Jundiapeba, Mogi das Cruzes, Poá e Suzano.

Linha 12-Safira (11 estações): Aracaré, Calmon Viana, Comendador Ermelino, Engº Manoel Feio, Itaim Paulista, Itaquaquecetuba, Jardim Helena-Vila Mara, Jardim Romano, São Miguel Paulista, Tatuapé e USP Leste.

Linha 13-Jade (3 estações): Aeroporto-Guarulhos, Engº. Goulart e Guarulhos CECAP.

No total, as linhas terão as seguintes áreas para concessão:

Linha 10 – 1.561,68 m²

Linha 11 – 39.257,12 m²

Linha 12 –  875,35 m²

Linha 13 – 1.077,18 m²

Veja abaixo a Tabela Resumo das áreas objeto da Concessão por tipo de comércio:


Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta