Diante de anúncio de greve de ônibus em Salvador, Semob anuncia esquema especial de transportes neste domingo (22)

Segundo secretaria, 115 micro-ônibus do sistema complementar vão circular em locais atendidos pelos ônibus comuns

ADAMO BAZANI

A Semob (Secretaria de Mobilidade Urbana) de Salvador informou que preparou um esquema especial para minimizar os impactos da greve de ônibus anunciada pelo sindicato dos rodoviários para ocorrer neste domingo, 22 de maio de 2022.

Dos 269 micro-ônibus do sistema suplementar da cidade (STEC – Subsistema de Transporte Especial Complementar), os chamados amarelinhos, 115 foram autorizados a circular pelos principais pontos da cidade, privilegiando áreas de grande movimento, terminais de ônibus e integrações com o metrô.

As 60 linhas habituais deste sistema complementar não serão desassistidas e vão operar normalmente em regiões como bairros de Cajazeiras, Subúrbio, Cabula, Itapuã, Brotas e São Caetano.

Boa parte desta frota de 115 micro-ônibus que farão este atendimento extra já estaria parada por ser domingo, dia em que a demanda de passageiros é menor.

Entre os terminais que devem ser atendidos pelos micro-ônibus estão Lapa, Pirajá, Mussurunga e Acesso Norte.

Já entre os principais corredores, a Semob destacou os amarelinhos para a Avenida Suburbana, Paralela, Bonocô, Vasco da Gama, ACM, Octávio Mangabeira e Silveira Martins.

Como mostrou o Diário do Transporte, o sindicato dos rodoviários de Salvador anunciou uma greve de 24 horas.

Entre os motivos da paralisação está a reivindicação da manutenção dos postos de trabalho e o pagamento de dívidas trabalhistas aos ex-funcionários da CSN.

Além disso, a categoria menciona a violência sofrida pelos profissionais.

Os rodoviários também querem destravar a campanha salarial.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2022/05/20/rodoviarios-de-salvador-ba-anunciam-greve-de-onibus-para-domingo-22/

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Adenilson disse:

    Os amarelinho era pra apoia os rodoviários já que eles se intitula como rodoviários tambem

  2. Marcos disse:

    Greve produzida pelos empresários em parceria com o Sindicato. Objetivo: conseguir mais um aumento de tarifa. Depois o transporte continua tão deficiente quanto sempre foi nessa cidade mal servida de transporte. Carros velhos e sujos!

  3. Genival Araújo disse:

    Bom dia e mentira quando a prefeitura diz que vai ter os amarelinhos nos bairros convencionais eu precisei de ir trabalhar hj e fiquei 2 horas esperando um e não passou tive que pegar carro particular de águas claras para cajazeiras 10 e da 10 para cajazeiras 11

  4. Dorivaldo Silva disse:

    Não se faz mais SINDICATO para ajudar trabalhadores.
    No domingo, folga do trabalhador, fizeram parada de transporte.
    Porquê não fizeram segunda feira.iria beneficiar os trabalhadores.
    Esses sindicato dos rodoviários são CORRUPTOS.

  5. Dorivaldo Silva disse:

    Esse SINDICATO dos rodoviários são CORRUPTOS.
    Prejudicaram a folga dos trabalhadores.

  6. Dorivaldo Silva disse:

    Greve de empresários em acordo com sindicato dos rodoviários corruptos.

  7. Erlon Gomes disse:

    Diante do caos, a verdade é que transporte coletivo em Salvador é um dos piores do pais, e sem contar que os ônibus são imundos, em Salvador e em toda região metropolitana, aumento é uma justificativa, dessa forma donos de empresas e sindicato se juntam, parece uma receita certa, mas quem sempre vai pagar a conta é o assalariado que não tem aumento, bem como funcionários públicos, e acumulam perdas com a inflação de preços em consequencia dos aumentos sucessivos dos combustiveis. É uma situação que todo pais passa nesse momento, com esse desgoverno do Genocida Bozo, o que nos resta é mudar para viver tempos de LULA. E COMO SERÁ AMANHÃ? HAVERÁ ÔNIBUS PARA O POVO TRABALHAR?

Deixe uma resposta