Carazinho (RS) suspende licitação do transporte

Centro da cidade. Foto: Reprodução Google Maps

Prefeitura optou por suspender certame para retificar o edital após apontamentos do TCE-RS

ALEXANDRE PELEGI

Carazinho, cidade do Rio Grande do Sul com mais de 60 mil habitantes, publicou no site da prefeitura nessa sexta-feira, 20 de maio de 2022, a suspensão da licitação do transporte coletivo municipal.

A concorrência seria realizada nesta segunda-feira (23) às 9h.

A concessão, segundo o atual edital, seria pelo prazo de 10 anos, prorrogáveis por igual período.

Apesar de rejeitar dois pedidos de impugnação do processo licitatório, a Comissão de Licitação optou por suspender o certame e fazer correções no edital após recomendação do departamento jurídico, e por apontamentos recebidos do Tribunal de Contas do Estado do RS.

As empresas que tiveram seus pedidos de impugnação indeferidos pela consultoria que assessorou a prefeitura na elaboração do processo licitatório foram a Capitânio & Cia Ltda de Carazinho e a Hodierna Transportes Ltda, de Concórdia (SC).

A Lindner Consultoria Sociedade Simples elaborou Termo de Referência para nova concessão dos serviços do Sistema de Transporte Coletivo Urbano de passageiros do município.

Conforme o processo licitatório, a empresa produziu o diagnóstico do sistema atual do transporte coletivo; elaborou o projeto operacional e fez proposta de adequações do sistema econômico e tarifário.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta