Rodoviários de Goiânia e região metropolitana aprovam reajuste salarial de 9,36%

Em setembro categoria voltará a discutir novo reajuste com setor patronal. Foto: Adriel Philipe/Ônibus Brasil

Negociação aprovada em assembleia nesse domingo (15) afasta possibilidade de greve da categoria

ALEXANDRE PELEGI

Em assembleia realizada na manhã desse domingo, 15 de maio de 2022, os rodoviários do transporte coletivo de Goiânia e região metropolitana aprovaram a proposta de reajustes para a categoria.

O Sindicoletivo (indicato Intermunicipal dos Trabalhadores do Transporte Coletivo Urbano de Goiânia e Região Metropolitana), que representa a categoria, informou que foi aprovado o percentual proposto pelas empresas, de 9,36% sobre os salários e a gratificação, além de 12% no ticket-alimentação, retroativos ao mês de março.

Em declaração ao Diário de Goiás, o presidente do sindicato, Sérgio Reis, informou que as negociações vão continuar em aberto, “porque as empresas estão prometendo repor mais percentuais salariais até o mês de outubro”.

Reis afirmou uma cláusula da negociação ficou em aberto para setembro, quando novos encontros com o setor patronal discutirão sobre novos reajustes nos salários.

Com a aprovação da proposta das empresas de ônibus fica afastada a greve no transporte público por enquanto.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta