Sistema Aquaviário do ES terá integração com o Transcol

Empresas interessadas têm até o próximo dia 20 de maio para enviarem suas propostas e o pregão eletrônico ocorrerá no dia 24 de maio. Foto: Divulgação/Semobi.

Governador anunciou edital para contratar operação nesta terça (10)

JESSICA MARQUES

O Sistema Aquaviário do Espírito Santo terá integração com os ônibus do Transcol. Segundo o Governo do Estado, as linhas vão sair das estações de Porto de Santana até a Prainha e da Prainha até Porto de Santana, passando pelas duas estações de Vitória.

A operação do aquaviário também seguirá o mesmo modelo de regras do Transcol para conexão temporal com os coletivos que passam nos pontos de ônibus próximos às estações”, garantiu o Governo do Estado, em nota.

A tarifa para utilizar o sistema aquaviário será a mesma do Sistema Transcol e o pagamento via CartãoGV. Os benefícios de gratuidade e passe escolar vigentes no sistema Transcol também valem para o sistema aquaviário.

Com a operação completa, as saídas vão acontecer a cada 25 minutos, de segunda a sexta-feira, das 06h30 da manhã até as 20h30; aos sábados das 08h às 18h horas e aos domingos das 09h às 15h.

Os detalhes operacionais foram divulgados nesta terça-feira, 10 de maio de 2022, quando o Governo do Estado, por meio da Semobi (Secretaria de Mobilidade e Infraestrutura), publicou o edital para contratação da operação do novo Sistema Aquaviário.

Confira abaixo as previsões de tempo de viagem:

Prainha x Praça do Papa – 5 minutos

Praça do Papa x Rodoviária – 25 minutos

Rodoviária x Porto de Santana – 10 minutos

Total: 40 minutos, mais 20 minutos para embarque e desembarque (5 minutos em cada estação), totalizando uma hora de operação para cada barco.

LICITAÇÃO

A licitação será realizada via pregão eletrônico. As empresas interessadas têm até o próximo dia 20 de maio para enviarem suas propostas e o pregão eletrônico ocorrerá no dia 24 de maio.

O valor máximo a ser pago na contratação será de R$ 715.520,00 por mês por barco em operação. Após a finalização do processo licitatório, a previsão é de que o contrato seja assinado até o início de julho.

Além disso, a empresa vencedora terá até 90 dias, após a assinatura do contrato, para entregar as embarcações devidamente licenciadas e em condições de operação.

Confira os detalhes de contratação, divulgados pelo Governo:

A contratação inclui a prestação de serviços especializados de transporte aquaviário de passageiros na baía de Vitória incluindo embarcação, tripulação, manutenção preventiva/corretiva, abastecimento, sistema de videomonitoramento em tempo real, rastreamento em tempo real por GPS, sistema de informação às autoridades portuárias, de segurança e usuários em tempo real, além de seguros, registros e licenças obrigatórias das embarcações e tripulação, conforme normas da Autoridade Marítima Brasileira e Sindicato da Categoria. As embarcações devem ter capacidade mínima de 80 passageiros sentados.

As embarcações deverão ser climatizadas; com sinal de Wi-Fi; acessíveis e deverão disponibilizar capacidade de transporte de no mínimo seis bicicletas. As embarcações também devem disponibilizar espaço seguro para cadeirantes e acessos que viabilizem a circulação e o embarque/desembarque de forma segura de Pessoas com Deficiência, conforme legislação vigente. Além disso, as embarcações deverão ter banheiros para atendimento aos usuários e tripulação.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta