Itapemirim confirma suspensão de venda de passagens, mas pela Kaissara comercialização continua

Empesa teve todas as linhas suspensas pela ANTT; viagens continuam por mais 30 dias para quem já comprou os bilhetes

ADAMO BAZANI

A Viação Itapemirim informou por meio de nota oficial nesta quinta-feira, 21 de abril de 2022, que as vendas de passagens da empresa estão suspensas.

Isso vale para qualquer meio de aquisição, como guichês ou internet.

Como mostrou o Diário do Transporte em primeira mão ainda no fim da madrugada desta quarta-feira (20), às 5h12, a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) suspendeu todas as 95 linhas da empresa de Sidnei Piva de Jesus por inadequação da frota às exigências do órgão regulador.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2022/04/20/antt-suspende-todas-as-linhas-da-itapemirim/

Por mais 30 dias, as linhas poderão ser operadas para atender passageiros que já compraram os bilhetes antecipadamente, mas sem vendas de novas passagens.

O comunicado desta quinta-feira (21) informou ainda que as vendas de passagens pela Viação Caiçara (Kaissara), empresa do mesmo grupo, continuam sendo realizadas normalmente.

A Itapemirim ainda informou que está providenciando a regularização da frota.

A Viação Itapemirim esclarece que suspendeu a venda de passagens logo que tomou conhecimento da portaria ANTT, e que somente a Viação Caiçara mantém as vendas normalmente.

Todos os passageiros serão transportados e o incremento de frota está sendo providenciado, seguindo as normas do órgão regulador (ANTT).

O Diário do Transporte noticiou ainda nesta quinta-feira (21) que o Grupo está com novo CEO para tentar reerguer as operações rodoviárias: Jaime Garcês M. Filho, que tem experiência de cerca de 30 anos no setor em empresas como TCB (Transporte Coletivo Brasil) – Transbrasil, que também faz transportes interestaduais.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2022/04/21/em-meio-a-crise-itapemirim-anuncia-novo-ceo-com-atuacao-na-transbrasil-no-curriculo/

Linhas Kaissara (autorização, não sendo necessariamente todas operadas)

Afonso Cláudio (ES) – São Paulo (SP);
Afonso Cláudio (ES) – Rio de Janeiro (RJ);
Alegre (ES) – Rio de Janeiro (RJ);
Alegre (ES) – São Paulo (SP);
Brasília (DF) – Belo Horizonte (MG) via Sete Lagoas (MG);
Brasília (DF) – Belo Horizonte (MG) via Curvelo (MG);
Brasília (DF) – Porto Alegre (RS);
Cachoeiro de Itapemirim (ES) – Campos dos Goytacazes (RJ);
Cachoeiro de Itapemirim (ES) – Niterói (RJ) via Macaé (RJ);
Cachoeiro de Itapemirim (ES) – Niterói (RJ) via Campos dos Goytacazes (RJ);
Cachoeiro de Itapemirim (ES) – Rio de Janeiro (RJ) via Campos dos Goytacazes (RJ);
Cachoeiro de Itapemirim (ES) – Rio de Janeiro (RJ) via Muqui (ES);
Cachoeiro de Itapemirim (ES) – São Paulo (SP) via Miracema (RJ);
Cachoeiro de Itapemirim (ES) – São Paulo (SP) – São Paulo (SP) via Aparecida (SP);
Campinas (SP) – Campos dos Goytacazes (RJ);
Campinas (SP) – Porto Alegre (RS);
Campos dos Goytacazes (RJ) – Belo Horizonte (MG);
Castelo (ES) – Rio de Janeiro (RJ);
Feira de Santana (BA) – Recife (PE);
Guaçuí (ES) – Rio de Janeiro (RJ);
Guarapari (ES) – Belo Horizonte (MG);
Guarapari (ES) – Ouro Preto (MG);
Guarapari (ES) – Rio de Janeiro (RJ);
Iúna (ES) – Rio de Janeiro (RJ);
Iúna (ES) – São Paulo (SP);
Juiz de Fora (MG) – Brasília (DF);
Juiz de Fora (MG) – Florianópolis (SC);
Jundiaí (SP) – Curitiba (PR);
Marataízes (ES) – Rio de Janeiro (RJ);
Muqui (ES) – Campos dos Goytacazes (RJ);
Rio de Janeiro (RJ) – Anápolis (GO);
Rio de Janeiro (RJ) – Brasília (DF);
Rio de Janeiro (RJ) – Curitiba (PR);
Rio de Janeiro (RJ) – Feira de Santana (BA);
Rio de Janeiro (RJ) – Florianopolis (SC);
Rio de Janeiro (RJ) – Porto Alegre (RS);
Rio de Janeiro (RJ) – Salvador (BA) via Caratinga (MG);
Rio de Janeiro (RJ) – Salvador (BA) via Juiz de Fora (MG);
Salvador (BA) – Recife (PE) via Camaçari (BA);
Salvador (BA) – Recife (PE) via Caruaru (PE);
Salvador (BA) – Recife (PE) via São Miguel dos Campos (AL);
Santos (SP) – Ipatinga (MG);
São João da Barra (RJ) – Belo Horizonte (MG);
São José dos Campos (RJ) – Itaobim (MG);
São José dos Campos (RJ) – Teófilo Otoni (MG);
São Paulo (SP) – Campos dos Goytacazes (RJ) via Macaé (RJ);
São Paulo (SP) – Campos dos Goytacazes (RJ) via Queluz (SP);
São Paulo (SP) – Caratinga (MG) via Leopoldina (MG);
São Paulo (SP) – Caratinga (MG) via Manhumirim (MG);
São Paulo (SP) – Cataguases (MG);
São Paulo (SP) – Curitiba (PR);
São Paulo (SP) – Governador Valadares (MG);
São Paulo (SP) – Ipatinga (MG);
São Paulo (SP) – Mantena (MG);
São Paulo (SP) – Muriaé (MG);
São Paulo (SP) – Nanuque (MG);
São Paulo (SP) – Porto Alegre (RS);
São Paulo (SP) – Rio de Janeiro (RJ) via Nova Iguaçu (RJ);
São Paulo (SP) – Rio de Janeiro (RJ) via São Bernardo do Campo (SP);
São Paulo (SP) – Rio de Janeiro (RJ) via Itatiaia (RJ);
São Paulo (SP) – Teófilo Otoni (MG);
Serra (ES) – Belo Horizonte (MG);
Vitória (ES) – Niterói (RJ);
Vitória (ES) – Rio de Janeiro (RJ);
Vitória (ES) – São José dos Campos (SP);
Vitória (ES) – São Paulo (SP);
Volta Redonda (RJ) – Curitiba (PR).

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Emílio Martins Mendes disse:

    A Antt está demorando muito, precisa urgente passar alguns mercados para quem dá conta de operar.

  2. roberto a da silva disse:

    mais a caissara é só fantasia ela só tem coletivo em vitoria kkkkkkkkkporque ela então não meche só com setor de turismo aluguel de onibus

  3. Santos Dumont disse:

    Mais um trambique com assinatura de Mr.Piva, agora com coadjuvante de outro encantador de serpentes. Preparem os editais e substituam o mau prestador de serviço. Nada de transporte emergencial, ANTT, pois há muita gente querendo participar de uma licitação nesse setor (releiam matéria sobre o decisão judicial que requer licitação de linhas da V Águia Branca). Os cartórios já acabaram com a politica de pai-para-filho. Só falta o transporte rodoviário (viu ANTT?).

  4. vagligeiro disse:

    Pessoal da ANTT:
    – Vamos impedir a Itapemirim, antes que eles abusem!

    galera do Piva chama o cara do TCB
    Cara do TCB na Itapemirim:
    – Oi, a gente tem a Kaissara, esqueceram? E eu já tenho experiência nisso (mostra a decisão judicial da TCB).

    Pessoal da ANTT:
    – Muito bem, cadê o pessoal responsável por isso?

    (Tema de créditos de “Crumb Your Enthusiasm”)

Deixe uma resposta