Diário no Sul

Porto Alegre (RS) mantém tarifa de ônibus em R$ 4,80

Prefeito anunciou o Programa de Reestruturação do Transporte em Porto Alegre nesta quarta (20). Foto: Mateus Raugust/PMPA.

Prefeitura anunciou ampliação na oferta de linhas, viagens e frota

JESSICA MARQUES

O prefeito de Porto Alegre (RS), Sebastião Melo, e o secretário de Mobilidade Urbana, Adão de Castro Júnior, anunciaram nesta quarta-feira, 20 de abril de 2022, que vão manter a tarifa do transporte coletivo nos atuais R$ 4,80.

Para isso, foi apresentado o novo método de cálculo que permitirá a medida.

Além do valor da passagem, foi anunciada a estratégia de retomada gradativa da estrutura de operação do sistema, para qualificar o serviço aos usuários, chamada de Mais Transporte – Programa de Reestruturação do Transporte em Porto Alegre.

De acordo com o prefeito, enquanto ocorre a mobilização nacional para aprovar o custeio das isenções dos idosos pelo governo federal, a equipe da prefeitura se debruçou em buscar soluções para atender melhor o usuário, sem aumentar o preço da passagem nem o volume que já vem sendo subsidiado pelo município nos últimos anos.

“Além da pandemia e da segurança pública, o transporte é a maior chaga na qualidade de vida do cidadão e no funcionamento da cidade. Tratamos do tema com máxima prioridade e estamos avançando com um plano concreto para retomar serviços, criar instrumentos de qualificação e mantendo o esforço de caixa para fazer mais com o mesmo patamar de aporte, sem penalizar o usuário com aumento de tarifa”, disse.

Caso o projeto de lei seja aprovado na Câmara Federal e sancionado pelo governo federal, com confirmação dos recursos, Melo afirmou que o volume poderá ser aplicado na redução da passagem e no custeio da qualificação.

MEDIDAS IMEDIATAS

O secretário de Mobilidade Urbana explicou as medidas imediatas, de médio e de longo prazos.

Neste caso, a oferta de viagens será ampliada em 20%, com mais 19 linhas, 109 ônibus, aumento de 2.163 viagens por dia e mais de 52 mil quilômetros rodados diariamente, considerando dias úteis.

Acesse a íntegra da apresentação do Mais Transporte.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta