Metrô solicita Licença Ambiental de Operação para a Subestação de Energia Iguatemi, trecho São Mateus – Cidade Tiradentes da Linha 15 Prata

Estação Jardim Colonial foi inaugurada em dezembro de 2021, e governo promete expansão até Cidade Tiradentes. Foto: Metrô de SP

Vice-governador Rodrigo Garcia prometeu no final do ano passado contratar trecho final do monotrilho ainda em janeiro de 2022

ALEXANDRE PELEGI

A Companhia do Metrô de São Paulo requereu à SVMA – Secretaria do Verde e Meio Ambiente de São Paulo a Licença Ambiental de Operação para a Subestação Primária de Suprimento de Energia e Ramal Aéreo Consumidor Iguatemi da Linha 15 – Prata, trecho São Mateus – Cidade Tiradentes.

O aviso foi publicado na edição do Diário Oficial do Estado desta terça-feira, 18 de janeiro de 2022.

A subestação tem como objetivo aumentar a capacidade de operação da linha de monotrilho.

O trecho São Mateus – Cidade Tiradentes é a parte final do monotrilho.

Como mostrou o Diário do Transporte, em dezembro de 2021 o governador em exercício de São Paulo, Rodrigo Garcia, prometeu que a expansão do monotrilho até a Cidade Tiradentes, no extremo leste da capital paulista, será contratada neste mês de janeiro. Relembre:

ÁUDIO: Expansão do monotrilho até Cidade Tiradentes será contratada em janeiro de 2022, promete Governo do Estado

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Informe Publicitário
   
Assine
     
Comentários

Comentários

  1. Verônica Silva Rocha disse:

    Gente pelo amor de Deus faz o monotrilho por a mata,gente a mata está sendo invadida pra moradia e não pode tirar um pouco de árvore pra o benefício de nós da cidade Tiradentes!!socorro precisamos urgente de metrô a população e mto gde !!nós ajude

Deixe uma resposta