Prefeitura de São Paulo desapropria área para implantação de corredor Miguel Yunes, Zona Sul da capital

Traçado do corredor Miguel Yunes (SPTrans)

Decreto declara de utilidade pública imóveis particulares situados na Subprefeitura de Santo Amaro em área de 16 mil m²

ALEXANDRE PELEGI

O Corredor Miguel Yunes, na zona sul da Capital, com 4,8 km de vias exclusivas para ônibus, está a cada dia mais próximo de se tornar realidade.

Em decreto publicado no Diário Oficial desta quarta-feira, 12 de janeiro de 2022, o prefeito Ricardo Nunes declarou de utilidade pública, para desapropriação, imóveis particulares situados no Distrito de Campo Grande, Subprefeitura de Santo Amaro, necessários à implantação do Corredor de Ônibus Miguel Yunes.

Os imóveis particulares contidos nas áreas declaradas de utilidade pública serão desapropriados judicialmente ou adquiridos mediante acordo.

O corredor exclusivo de ônibus terá faixa à esquerda, e pavimento rígido em toda extensão. O projeto prevê um total de 7 paradas duplas, com cobrança desembarcada, e com ultrapassagem nas paradas.

O equipamento abarca a Ponte Vitorino Goulart da Silva – Av. Miguel Yunes, Av. Nações Unidas, R. Cristiano Rolim de Freitas.

As paradas serão em plataformas de 28 cm, com colocação de superguias.


Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. laurindo junqueira disse:

    Que não se esqueçam de acoplar a hidrovia da Billings a esse corredor! Abçs.

Deixe uma resposta