Greve de ônibus em Belém (PA) entra no quarto dia nesta segunda (10)

Empresa opera as linhas Canudos — Praça Amazonas II (Tucunduba) e Canudos — Presidente Vargas. Foto: Mateus Rodrigues / Ônibus Brasil.

Rodoviários da empresa de ônibus Transportes São Luiz estão com as atividades totalmente paralisadas

JESSICA MARQUES

Os rodoviários da empresa de ônibus Transportes São Luiz, em Belém (PA), estão com as atividades totalmente paralisadas desde sexta-feira, 10 de janeiro de 2022. Nesta segunda (10), a greve continua e completa quatro dias.

De acordo com informações do portal local O Liberal, a categoria reivindica o pagamento de salários atrasados e do tíquete alimentação.

Com isso, as linhas Canudos — Praça Amazonas II (Tucunduba) e Canudos — Presidente Vargas, que estão sob responsabilidade da empresa, não estão circulando.

Ainda de acordo com a mídia local, esta é a terceira paralisação dos funcionários da empresa em pouco mais de um mês.

Segundo o Sintrebel (Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários em Empresas de Transportes Coletivos de Passageiros de Belém), a empresa não efetuou o pagamento completo dos salários referentes aos meses de novembro e dezembro de 2021, nem o de janeiro de 2022.

Além disso, de acordo com o sindicato, o 13º salário também não foi pago em sua totalidade, o que aconteceu também com o tíquete alimentação.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta