Diário no Sul

Paranaguá (PR) abre cadastro para Tarifa Zero no transporte coletivo a partir de segunda (10)

Viação Rocio. Foto: Murilo Francisco Ferreira / Ônibus Brasil

Todos os passageiros das linhas municipais, a partir de 6 anos de idade, poderão obter cartão de acesso diretamente no site da Prefeitura; gratuidade vale a partir de março

ALEXANDRE PELEGI

Após sancionar a lei que institui o programa Tarifa Zero do transporte coletivo em Paranaguá, no Paraná, no dia 13 de dezembro de 2021, o prefeito Marcelo Roque garantiu assim que a partir de março a população não terá mais que pagar R$ 3,70 para andar de ônibus no município.

O serviço de transporte está sob responsabilidade da Viação Rocio, que atende a cidade paranaense com quase 160 mil habitantes. .

O prazo entre a sanção da lei e a entrada em vigor do programa é de 90 dias.

Como parte das ações de implantação do Tarifa Zero, a prefeitura notifica que a partir da próxima segunda-feira, 10 de janeiro de 2022, todos os passageiros das linhas municipais, a partir de 6 anos de idade, poderão se cadastrar para receber o cartão de acesso.

Nesta fase, explica a prefeitura, a população deverá efetuar o cadastro diretamente no site da Administração Municipal.

A secretária de Serviços Urbanos, Christianara Folkuenig, explica que em breve equipes estarão em diversos pontos da cidade para o cadastramento dos usuários. “O objetivo do cadastro online é dar agilidade nas inscrições dos passageiros. Por isso, se faz necessário que a população não espere somente os atendimentos presenciais que estão sendo programados para ocorrer nos próximos dias”, explica a secretária.

Com a conclusão do cadastro, a Prefeitura informará o local de retirada do cartão que deverá ser apresentado no momento do embarque do usuário.

A prefeitura deverá ainda fazer alguns ajustes necessários para implantação do Tarifa Zero.

Dentre eles, está a implantação das áreas de transbordo que, na prática, vão funcionar como mini terminais no Parque São João e Vila Guarani.

Além disso, a prefeitura garante que novos veículos serão adquiridos para atender a população. “Nossa equipe técnica fez um estudo detalhado, elencando todas as necessidades tendo em vista o aumento no número de passageiros”, explicou o prefeito Marcelo Roque por ocasião da sanção da Lei.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta