Tarifa de ônibus vai para R$ 5,60 em Piracicaba. VT passa para R$ 5,71

Reajuste será aplicado em 04 de janeiro de 2022

ADAMO BAZANI

A Prefeitura de Piracicaba, no interior paulista, confirmou que a partir de 04 de janeiro de 2022, a tarifa única passará de R$ 4,80 para 5,60.

Seguindo o poder público, há dois anos não há aumento e foi repassada a correção da inflação do acumulado.

O Vale-Transporte dos trabalhadores, que representa 51% dos usuários vai para R$ 5,71.

Neste caso, o desconto no salário é de 6% e o restante do valor é pago pelo empregador.

Ainda de acordo com a Semuttran (Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, Trânsito e Transportes), para a tarifa social, que é o valor pago por 21% dos usuários, o reajuste foi o menor, inferior a 14%, com a tarifa passando de R$ 4,30 para R$ 4,90.

 

“Aplicamos o menor índice de correção possível, para definir um valor no qual o sistema consiga se sustentar. Lembrando que a Prefeitura continuará subsidiando o transporte coletivo e o custeio dos descontos e gratuidades, como 100% para idosos 60+, para pessoas com deficiência e para aposentados por invalidez e 50% para estudantes. Vale ressaltar, ainda, que o reajuste não considerou a estimativa da inflação para 2022 e, por isso, a Prefeitura subsidiará também a variação inflacionária do próximo ano”, explicou, em nota, a responsável pela Semuttran, Jane Franco Oliveira.

Jane disse ainda que se forem levados em conta os custos dos transportes, o aumento poderia ser de 25%

“O diesel, por exemplo, somente neste ano, teve alta em torno de 65%”, “Sendo assim, se fôssemos considerar tudo que engloba o transporte público, como diesel, manutenção, mão de obra, entre outros, esse aumento poderia ter sido maior, cerca de 25%”, complementa a secretária.

Na mesma nota, a prefeitura explica a composição dos usuários do transporte público:

– 51% – vale-transporte

– 21% – tarifa social

– 15% – venda a bordo

– 6% – embarque nos terminais

– 3% – escolar

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. LÚCIO FLÁVIO C SANTOS disse:

    ACHO DE ACORDO ESSE REAJUSTE DO PASSE DE ÔNIBUS , CONSIDERANDO QUE FICOU ESSES 2 ANOS SEM REAJUSTES , MAS POR OUTRO LADO PRECISAMOS DE MAIS ÔNIBUS EM ALGUNS BAIRROS , COMO POR EXEMPLO PARA O BAIRRO SENTIDO CAMPESTRE KM 43 , POIS TEM VÁRIAS EMPRESAS POR LÁ E O TRABALHADOR QUE DEPENDE DO TRANSPORTE PÚBLICO PARA ESSE LADO ESTÁ SENDO PREJUDICADO PELA FALTA DE ÔNIBUS PARA SE LOCOMOVER ATÉ O SEU TRABALHO , ISSO NÃO É CERTO , PRECISA TER MAIS ÔNIBUS E TAMBÉM COM HORÁRIOS MAIS CEDO , POIS COMO FALEI , O TRABALHADOR ESTÁ SENDO PREJUDICADO PARA IR AO TRABALHO PARA ESSAS EMPRESAS , GOSTARIA QUE ME RESPONDESSEM O MEU COMENTÁRIO ( WHATSAPP: 19997416755 ) .

Deixe uma resposta