Prefeitura de Contagem (MG) instala QR Codes em pontos de ônibus

Primeira placa foi inaugurada na Avenida João de Deus Costa, em frente ao número 19. Foto: Equipe Transcon/PMC.

Novidade começa a entrar em vigor a partir desta quinta (16)

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de Contagem, em Minas Gerais, começou a instalar QR Codes em pontos de ônibus da cidade. A novidade entrou em vigor a partir desta quinta-feira, 16 de dezembro de 2021.

Com isso, os usuários dos ônibus municipais de Contagem poderão consultar as informações de cada ponto de ônibus, em tempo real, por meio dos QR Codes.

“A ação da Prefeitura, idealizada pela Autarquia Municipal de Trânsito e Transportes-Transcon, permite que os passageiros programem suas viagens, ao apontar a câmera do celular para as placas instaladas nos principais pontos de embarque e desembarque da cidade”, detalhou a administração municipal, em nota.

A primeira placa com QR Code foi inaugurada na Avenida João de Deus Costa, em frente ao número 19. Também nesta quinta (17), Contagem recebe placas em cinco pontos de ônibus, localizados na região da Sede, na av. João de Deus Costa e nas ruas Bernardo Monteiro, Coronel João Camargos e Francisco Miguel.

Outros sete pontos de ônibus localizados na região Ressaca, na avenida das Américas, também já receberam os códigos. Até o primeiro semestre de 2022, serão mais de 150 pontos equipados com a ferramenta.

Confira como funciona a novidade:

Ao acessar o QR Code, o usuário será direcionado para uma página do SigaBus, aplicativo de mobilidade por ônibus da cidade, que informará o tempo que falta para cada veículo chegar ao ponto de ônibus onde ele está.

O usuário também pode ter acesso a outros dados no aplicativo SigaBus, disponível, gratuitamente, nas lojas de aplicativos de Android e IOS, como as linhas que passam por aquele ponto, os quadros de horários e os itinerários. O formato de informação via QR Codes tem um custo menor que os painéis eletrônicos, que estão presentes em 30 pontos de ônibus de Contagem.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta