Audiência pública sobre concessão do BRT-Rio é desmarcada

Encontro que deveria ocorrer nesta quarta-feira (15) só deve ser realizado em janeiro

ADAMO BAZANI

A prefeitura do Rio de Janeiro desmarcou a audiência pública que estava prevista para ocorrer nesta quarta-feira, 15 de dezembro de 2021, para debater a concessão do sistema de BRT (Bus Rapid Transit), que está desde março sob intervenção e operação do poder público.

De acordo com a administração municipal, nesta terça-feira (14), foram necessários “ajustes internos nos materiais e estudos relacionados à licitação de Operação do BRT”,

Segundo a administração municipal, a audiência pública será remarcada para janeiro de 2022, o dia ainda vai ser definido.

Como havia noticiado o Diário do Transporte, a finalidade do encontro será debater as condições técnicas que vão nortear o processo de licitação para conceder o BRT para administração de empresas por um período de 10 anos, podendo ser renovado por outros 10.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2021/12/01/prefeitura-do-rio-de-janeiro-publica-aviso-de-audiencia-publica-sobre-licitacao-do-sistema-de-brt/

A intervenção, segundo a prefeitura, foi necessária por causa dos problemas operacionais e financeiros do sistema de transportes. Havia 97 estações fechadas, a maior parte delas por vandalismo, e quase 300 ônibus fora de operação, alguns sucateados.

A infraestrutura do corredor, com problemas por exemplo nas áreas de asfalto (um material não indicado para o peso dos ônibus), é outra situação que necessita de melhorias.

A gestão Paes estuda a possibilidade das empresas que operavam antes da intervenção não participem da concorrência, pelo menos como as atuais formações.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta