Campinas (SP) passa a ter sete ônibus natalinos iluminados e 215 adesivados

Fazem parte da iniciativa as empresas Pádova, VB1, VB3, Expresso Campibus, Onicamp e Itajaí

ADAMO BAZANI

Quem percorre pelas ruas e avenidas de Campinas, no interior paulista, vai se deparar a partir desta segunda-feira, 29 de novembro de 2021, com uma frota de ônibus com iluminação e adesivos especiais para comemorar o Natal e a passagem para um novo ano.

Trata-se de uma iniciativa das empresas de ônibus que operam o sistema municipal.

São sete coletivos iluminados das concessionárias Pádova, VB1, VB3 e Expresso Campibus e mais 215 adesivados no para-brisa direito para não atrapalhar a visão do motorista, sendo 84 ônibus da Onicamp e 131 da Itajaí.

LINHAS:

Os ônibus iluminados vão atender as linhas:

– 1.30 e 1.31 – Terminal Vida Nova, da VB1;

– 3.94 – Parque Jatibaia, 3.90 – Joaquim Egídio e 3.91 – Nova Sousas, da Pádova, e vão operar em forma de revezamento;

– 349 – Jardim Formosa/Centro e 353 – Alphaville/Jardim Mirian, da VB3;

– diversas linhas da Expresso Campibus, que vão rodar com os ônibus iluminados em esquema de revezamento.

O primeiro ônibus iluminado entra em operação nesta segunda-feira (29), na linha 1.30 da VB1 e nesta terça-feira (30) começam a rodar os ônibus da VB3.

O restante entra operação no decorrer desta semana.

Por meio de nota, o diretor de Comunicação e Marketing da Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Campinas (Transurc), responsável pela gestão do sistema de bilhetagem eletrônica, e Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros da Região Metropolitana de Campinas (SetCamp), Paulo Barddal, fala que a edição dos ônibus natalinos deste ano de 2021 tem o ingrediente da superação.

“Esta é uma forma de agradecer e mostrar nossa gratidão por termos superados os momentos difíceis ao lado das pessoas que utilizam ônibus na cidade. Dessa forma, também contribuímos para tornar as ruas mais bonitas e alegres com as decorações nos ônibus”, disse

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta