Diário no Sul

Bombinhas (SC) lança licitação do transporte

Prefeito Paulo Henrique Dalago Muller conduziu audiência pública no dia 26 de agosto de 2021. Foto: Portal Hora de Porto Belo

Abertura das propostas será no dia 23 de dezembro de 2021, e contrato de concessão valerá por 10 anos; tarifa máxima é de R$ 4,00

ALEXANDRE PELEGI

A prefeitura de Bombinhas, cidade do litoral de Santa Catarina, abriu licitação para o transporte coletivo municipal.

Com população em torno de 20 mil habitantes, Bombinhas é o menor município de Santa Catarina, com uma área de 34,5 km².

O contrato de concessão será em lote único, e terá vigência por 10 anos.

A empresa que vencer o certame, previsto para o dia 23 de dezembro de 2021, será obrigada a implantar na totalidade da frota o Sistema de Bilhetagem Eletrônica, Gerenciamento Eletrônico Automático e Integrado, dos Usuários Cadastrados, já a partir do início da operação do Sistema.

O valor máximo da tarifa admitido nas propostas de preço está fixado no edital em R$ 4,00.

Por ser uma cidade de veraneio, a empresa vencedora do certame deverá adequar os serviços em alta temporada.

GRATUIDADES

A gratuidade nos ônibus será concedida para os portadores de necessidades especiais que importam na redução de mobilidade. Estes deverão apresentar carteira ou certificado de cadastro na Secretaria Municipal de Saúde do Município.

Os idosos com mais de 60 anos, mediante a comprovação da idade, também estarão isentos o pagamento da tarifa, custo que deverá ser suportado pela empresa.

Os estudantes do ensino fundamental, médio, superior e profissionalizante terão o direito à meia passagem.

FROTA

O Edital alerta as interessadas em participar do processo licitatório para que observem a demanda atual e a demanda projetada, de forma a quantificar o número adequado de veículos.

O tempo de vida útil máximo dos ônibus é de 15 anos para cada veículo, sendo que a média da frota deve ser de até cinco anos.

AUDIÊNCIA PÚBLICA

O prefeito Paulo Henrique Dalago Muller conduziu uma audiência pública no dia 26 de agosto de 2021 em que apresentou o termo de referência do edital de licitação.

Muller apresentou propostas para implantação do serviço de transporte, e ressaltou a participação popular como fundamental para a elaboração final do projeto que agora sustenta o edital lançado.


Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta