Greve de ônibus em Belo Horizonte entra no segundo dia nesta terça (23)

Apesar de promessa de 60% da frota conforme determinou a Justiça, algumas estações amanheceram totalmente fechadas e passageiros relatam linhas sem nenhum ônibus

ADAMO BAZANI

Entrou nesta terça-feira, 23 de novembro de 2021, no segundo dia a greve de ônibus em Belo Horizonte.

Apesar de a Justiça ter determinado frota mínima de 60% e, na tarde desta segunda-feira (22), o sindicato dos trabalhadores ter prometido cumprir a decisão, o que se vê na manhã desta terça-feira (23) são estações fechadas sem nenhum ônibus, como na estação Vilarinho (Venda Nova e estação Diamante (Barreiro).

Em redes sociais, passageiros relatam na manhã desta terça-feira também que há linhas sem nenhum ônibus.

Uma reunião intermediada pelo TRT (Tribunal Regional do Trabalho) na segunda-feira entre sindicatos de empresas e trabalhadores terminou sem acordo e um novo encontro foi marcado para esta terça-feira (23).

A categoria reivindica reajuste salarial de 9%, tíquete-alimentação de R$ 800, tíquete no atestado, que não haja mais banco de horas e que seja feito o pagamento do abono salarial de 2019 e 2020. Os trabalhadores dizem que estão sem reajuste há dois anos. Fim da limitação do passe livre; permanência do passe livre para funcionário afastado e melhoria no plano de saúde são outros pedidos.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. William disse:

    KALIL tem que explicar os maís de duzentos milhões que deu as empresas.tem que explicar a promessa do primeiro mandato,(Caixa preta da bhtrans). tem que explicar como conseguiu ser candidato com maís de trinta processos, sendo condenado em três 🤔

Deixe uma resposta