Expresso Aeroporto e Linha 10-Turquesa da CPTM terão operação alterada na véspera e no feriado de 15 de novembro

Expresso Aeroporto. Foto: Diário do Transporte

Expresso retardará início da circulação para 11h no domingo (14); trens em direção a Rio Grande da Serra não irão parar na estação Utinga na segunda (15)

ALEXANDRE PELEGI

Neste fim de semana de feriado prolongado a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) comunica alterações no funcionamento do Expresso Aeroporto (Luz-Guarulhos) e na Linha 10-Turquesa.

No caso do Expresso Aeroporto o serviço começará mais tarde, somente a partir das 11h no domingo (14)

O motivo do atraso no início da operação do Expresso Aeroporto no domingo (14) se deve a obras que serão realizadas durante toda a operação comercial na linha 12-Safira (Brás-Calmon Viana).

Nessa linha serão realizados ajustes na via férrea, soldagens, demolição de dispositivos que não são mais utilizados e instalação de molas em chaves seccionadoras, fundamentais para o bom funcionamento do sistema de energia.

Para os passageiros que têm como destino o Aeroporto Internacional de Guarulhos a CPTM sugere a Linha 13-Jade, que tem início na Estação Eng. Goulart e que pode ser acessada pela Linha 12-Safira.

UTINGA

Na linha 10-Turquesa a mudança ocorrerá na estação Utinga. Entre 8h e 18h do feriado de 15 de novembro os trens com destino a Rio Grande da Serra não farão paradas na estação localizada em Santo André.

O motivo é a continuidade de obras de substituição e fixação de novos trilhos e dormentes no trecho, além de execução de solda, revisão de fixações, limpeza de faixa e socaria manual de via.

Assim, no feriado quem precisa embarcar em Utinga no sentido Rio Grande da Serra deve primeiro embarcar na direção oposta (sentido Jundiaí, do Serviço 710), desembarcar em São Caetano e prosseguir com destino a Rio Grande da Serra. Os passageiros que viajam sentido Rio Grande da Serra e querem desembarcar em Utinga deverão desembarcar em Prefeito Saladino e retornar.

INTERVALOS

A CPTM lembra que aos domingos e feriados todas as suas linhas operam com intervalos médios de até 35 minutos entre os trens para realização de obras de manutenção e modernização.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta