Quicko realiza mudanças no Conselho de Administração e projeta dobrar o número de usuários em 2022

Aplicativo já está disponível nas cidades do Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador, Fortaleza, Porto Alegre, Curitiba, Campinas, além de São Paulo e Região Metropolitana. Foto: Divulgação.

Aplicativo de mobilidade foi baixado mais de 5 milhões de vezes

JESSICA MARQUES

A Quicko, startup brasileira de mobilidade urbana, anunciou mudanças no Conselho de Administração. O objetivo é definir estratégias e ações para acelerar o crescimento de usuários em 2022, além da expansão para outras cidades no Brasil.

Segundo a startup, o aplicativo alcançou 5 milhões de downloads e a intenção é dobrar o número de usuários em 2022.

Ao todo, o Quicko está presente nas cidades do Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador, Fortaleza, Porto Alegre, Curitiba, Campinas, além de São Paulo e Região Metropolitana.

MUDANÇAS

Com as alterações, passam a integrar a empresa Marco Cauduro, CEO do Grupo CCR e o diretor-executivo de Novos Negócios do mesmo grupo, Gustavo do Canto Lopes.

O novo conselho contará também com membros do universo de inovação e tecnologia, como é o caso do vice-presidente global de marketing, dados e produtos digitais da Anheuser-Busch InBev, Luiz Felipe Barros, e o co-founder e CEO da Dolado, Guilherme Freire.

Juntam-se a eles ainda o CEO da Rodobens e sócio-fundador do J2L Partners, Líbano Barroso.

Segundo o CEO da Quicko Pedro Somma, os novos conselheiros chegam em um momento importante para os planos da empresa, agregando para o lançamento de novas funcionalidades, captação de novos recursos, integração com outras plataformas e a ampliação da operação para outras metrópoles brasileiras.

“Os executivos formam parte fundamental da estratégia de negócios do Quicko no Brasil, visando o nosso plano de expansão em importantes mercados. Com a experiência deles, vão contribuir para a transformação da mobilidade urbana no país, com foco em um transporte público mais conveniente e sustentável nas cidades”, disse Somma, em nota.

SOBRE A QUICKO

Criada em setembro de 2018, a Quicko surgiu para para desenvolver uma plataforma Mobility as a Service (MaaS), ou Mobilidade como Serviço, focada na experiência dos usuários do transporte público. A empresa recebeu um aporte inicial da CCR e do grupo J2L em 2018 e já no início de 2021, recebeu um novo investimento dos mesmos investidores.

Atualmente, a Quicko possui mais de 80 funcionários e atua em nove cidades do Brasil, disponibilizando o aplicativo gratuitamente.

Entre as funcionalidades do aplicativo estão: informações em tempo real sobre o horário de chegada dos ônibus, sugestões das melhores rotas, recargas de cartões do transporte e celular pré-pago, além da localização de estações de compartilhamento de bicicleta.

O passageiro também pode escolher sua linha de ônibus e monitorar o seu trajeto, reportando ainda ocorrências no transporte, além de compartilhar as suas rotas.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta