Eletromobilidade

COP26: Líderes mundiais se locomovem com ônibus elétricos BYD ADL Enviro400EV

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, chega à Conferência

Translado de autoridades na Conferência sobre Mudança Climática, em Glasgow, foi feito com frota de dez veículos do modelo mais vendido no Reino Unido; outra frota de 22 ônibus Enviro200EV está sendo utilizada para transporte de membros presentes na Conferência

ALEXANDRE PELEGI

Para falar de mudança climática, nada melhor do que começar por transporte sustentável.

Esse é o objetivo que marcou o translado de líderes mundiais na realização da COP26, a 26ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudança Climática que em Glasgow, na Escócia (Reino Unido).

Uma frota de dez ônibus BYD ADL Enviro400EV de dois andares serviu de transporte para líderes e outras autoridades de vários países, como o Primeiro Ministro do Reino Unido, Boris Johnson, e o Secretário Geral da ONU, António Guterres.

Frota de BYD ADL Enviro400EV de dois andares chegando à COP-26

Os ônibus elétricos são todos fabricados na Grã-Bretanha, frutos da parceria entre a BYD e a Alexander Dennis Ltd (ADL), e utilizam a bateria pioneira e a tecnologia integrada do trem de força.

BYD e ADL já entregaram ou receberam pedidos para mais de 1000 ônibus com emissão zero no Reino Unido.

A fabricante chinesa já entregou mais de 68.000 ônibus elétricos em todo o mundo, e mais de 500 ônibus elétricos de fabricação britânica a clientes no Reino Unido.

BYD ADL ENVIRO400EV

A utilização dos ônibus elétricos de dois andares BYD ADL Enviro400EV, o mais vendido no Reino Unido, é decorrência de uma colaboração entre a ADL e a Stagecoach, maior operadora de transporte público do Reino Unido.

Os ônibus elétricos foram produzidos na Escócia e serão usados para as operações da Stagecoach, e todos foram pintados com o vermelho icônico dos ônibus de Londres.

O modelo Enviro400V já opera em muitas frotas de transporte público em todo o Reino Unido, com uma autonomia de 257 km.

EXIBIÇÃO

O double-decker elétrico BYD ADL Enviro400EV está sendo exibido na Zona Azul na COP26 em atendimento a convite feito pelo governo britânico. Neste caso, o veículo foi emprestado por outro cliente e operador de ônibus da BYD ADL, a National Express, de sua frota de West Midlands.

O presidente e diretor administrativo da ADL, Paul Davies, disse estar encantado que os líderes mundiais tenham tido a oportunidade de andar nos ônibus de dois andares. “A COP26 está focada em encontrar soluções para a emergência climática e estamos orgulhosos de ter sido capazes de demonstrar uma solução de emissão zero que já está disponível. Os ônibus elétricos são fundamentais para reduzir as emissões do transporte em todo o mundo e incentivar modos de transporte mais sustentáveis. Os ônibus com emissão zero estão disponíveis hoje e prontos para serem lançados em escala”, disse.

Davies acrescentou estar satisfeito com a atitude do Primeiro Ministro Boris Johnson. “Como um declarado apoiador dos ônibus britânicos de emissão zero, ele foi capaz de mostrar aos seus colegas o nível de inovação e especialização oferecido pela indústria britânica de fabricação de ônibus de classe mundial“, concluiu.

Já o Diretor Administrativo da BYD Europe, Isbrand Ho, manifestou o orgulho de ver os ônibus elétricos da BYD ADL sendo experimentados em primeira mão por líderes mundiais e outros membros influentes “que podem realmente fazer a diferença no combate às mudanças climáticas”.

OUTRAS AÇÕES

Além da Zona Azul da conferência, o ônibus BYD ADL Enviro400EV desempenhou um papel de destaque na turnê “Road to Renewables” (Caminho para Renováveis), que começou em Londres e terminou sua viagem de 11 dias no dia 29 de outubro em Glasgow, três dias antes da COP26 abrir suas portas.

O evento foi uma colaboração entre a SSE, parceira da COP26, o grupo Go-Ahead e outros parceiros incluindo a BYD ADL, e promoveu projetos inovadores de descarbonização, tais como o Bus2Grid.

Os ônibus elétricos da BYD ADL estão em operação pela First Bus como parte do serviço de ônibus para membros presentes na Conferência. Uma frota de 22 ônibus modelo Enviro200EV com emissão zero, todos fabricados na Escócia, está sendo utilizada para este fim (abaixo).

Um dos 22 ônibus elétricos BYD ADL Enviro200EV da First Glasgow na COP26.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. carlos souza disse:

    Isso no universo paralelo,imaginário,virtual e de mentirinha,porque o universo real sem moral nem legitimidade nenhumíssima já morreu faz muitíssimo tempo.

Deixe uma resposta