Mobilidade Urbana é tema da audiência do novo Plano Diretor de São Paulo nesta quinta (30)

Encontro será virtual e não há limite da quantidade de participantes

ADAMO BAZANI

As discussões sobre a revisão do Plano Diretor da cidade de São Paulo serão sobre Mobilidade Urbana nesta quinta-feira, 30 de setembro de 2021, às 15h.

Novos corredores e faixas de ônibus, abrigos e coberturas em paradas, frota menos poluente, inversão de vias, investimentos imobiliários condicionados a compensações de melhorias nos transportes, integrações entre ônibus e sistemas de trilhos são alguns dos assuntos que podem ser levantados pela população.

A participação com sugestões pode ser feita pelo aplicativo Teans – https://teams.microsoft.com/_#/pre-join-calling/19:meeting_MDgyMmNlOGMtM2M1NS00YzM4LWFjNTQtMzM1NTJhY2E0NmUx@thread.v2

Quem quiser apenas assistir, é possível acessar os debates pelo Youtube: https://www.youtube.com/c/PrefSPSMUL

As discussões são organizadas pela SMUL (Secretaria Municipal de Urbanismo e Licenciamento), mas há a participação de praticamente todas as secretarias da cidade.

Segundo a prefeitura, o Plano Diretor (Lei 16.050/2014) é uma lei municipal que orienta o desenvolvimento e crescimento da cidade para atender às necessidades coletivas da população. O maior objetivo é tornar a cidade mais inclusiva, ambientalmente responsável, produtiva e, sobretudo, melhor para as pessoas, por isso, o transporte coletivo é uma

“O plano atual é válido até 2029, mas a própria lei que o criou determina que, em 2021, o Executivo faça uma revisão, de forma participativa, das estratégias e diretrizes desta legislação urbanística.   O objetivo da revisão intermediária é fazer aperfeiçoamentos, ajustes, calibragens e melhorias à luz da realidade atual (crise econômica, pandemia, aspectos sociais, entre outros). Esses ajustes respeitarão todas as premissas que o Plano Diretor de 2014 propõe em relação a seus Objetivos, Diretrizes e Ações Prioritárias.” – explica a prefeitura por meio de nota.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta