Caio se compromete a não realizar mais demissões temporariamente e assembleia vai definir Lay-off

Acordo foi firmado com sindicato dos metalúrgicos

ADAMO BAZANI

A fabricante de carrocerias de ônibus Caio informou nesta quinta-feira, 30 de setembro de 2021, que firmou um acordo com o Sindicato dos Metalúrgicos de Botucatu e Região, no interior paulista sobre a situação atual dos trabalhadores e da empresa.

De acordo com nota enviada de forma oficial ao Diário do Transporte, a Caio diz que se comprometeu com a entidade trabalhista a não realizar mais demissões temporariamente.

Ainda segundo a fabricante, uma assembleia na próxima vai definir os termos de um possível Lay-off, que no Direito do Trabalho, significa a suspensão temporária de um contrato de trabalho, ou seja, o trabalhador é afastado da sua função, mas não perde o vínculo empregatício.

Como noticiou o Diário do Transporte em 21 de setembro de 2021, a empresa confirmou a demissão de 270 trabalhadores, mas promete adotar medidas para não desligar mais ninguém.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2021/09/21/caio-realiza-demissao-em-massa-da-planta-de-botucatu-diz-sindicato-fabricante-alega-que-mercado-de-onibus-nao-evoluiu-como-esperado/

Veja a nota na íntegra:

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta